José Nilson
José Nilson

Uma ação conjunta das equipes do Departamento de Atendimento a Grupos Vulneráveis – DAGV, Delegacia Regional de Lagarto e da Divisão de Inteligência e Planejamento Policial – Dipol, resultou na prisão José Nildo de Jesus Santos, de 32 anos em Lagarto.

José Nildo é acusado de praticar assaltos e estupros na área do Centro de Lagarto. Até o momento, Nildo foi reconhecido por três mulheres.

A delegada do DAGV da Regional de Lagarto, Ana Paula Moreira, explicou que o acusado costumava agir em uma moto de cor preta, com capacete, capuz e uma jaqueta com a estampa de Bob Marley nas costas. Um dos crimes aconteceu na noite do dia 26 de agosto, quando José Nildo abordou duas mulheres que estavam nas imediações do Centro de Lagarto e, após o roubo, obrigou uma delas a subir na moto e a levou até um local ermo, onde praticou o estupro.

O ocorrido foi registrado no DAGV, que passou a investigar o caso. Três dias depois, duas mulheres procuraram o Departamento para denunciar que haviam sido assaltadas e uma delas estuprada. Assim como no crime anterior, um homem armado, que estava em uma moto de cor preta, usando capacete e uma jaqueta com a estampa de Bob Marley, assaltou oito pessoas que estavam na área do central do município, dentre elas duas mulheres. Uma vítima relatou à polícia que após o assalto o criminoso praticou atos libidinosos, enquanto a outra foi levada na moto até uma área distante e estuprada.

Com o apoio da Dipol, a equipe do DAGV de Lagarto aprofundou as investigações e conseguiu chegar a identificação e endereço de Nildo. “Os policiais encontraram na casa de José Nilson uma jaqueta com as descrições idênticas as utilizadas pelo assaltante e estuprador”, disse a delegada, acrescentando que o acusado foi chamado para depor na delegacia, onde foi fotografado e reconhecido pelas mulheres.

“Uma das vítimas não só reconheceu o autor pela imagem, mas, também pela voz”, ressaltou a delegada Ana Paula. Ela lembrou que os detalhes passados pelas vítimas dos estupros sobre o autor do crime, a exemplo do modelo da sandália, foram importantes para prisão e identificação dele. Nos levantamentos realizados, a equipe do DAGV também chegou ao local utilizado por José Nilson para praticar os estupros. “Os abusos aconteciam em um povoado, que fica a 5km da sede do município de Lagarto”, ressaltou a delegada.

José Nildo permanece recolhido na carceragem da Delegacia Regional de Lagarto. A delegada acredita que com a divulgação da foto do acusado outras vítimas devem aparecer.

Por SSP

2 COMENTÁRIOS

  1. Tenho visto algumas pessoas saindo em defesa dele… A pergunta é simples: Aqueles que o defendem, estavam com ele nos dias e horários dos crimes? Como podem querer inocentá-lo frente ao trabalho sério de investigação, enrobustecido com reconhecimento das vítimas, bem como colheita de evidências como a roupa, a moto, a sandália…
    Alguns de seus defensores tentam sustentar sua inocência justificando que ele tem trabalho, coisa e tal… Nada a ver!!
    Quem foi que já viu nas ruas um estuprador se apresentar como tal!? Ninguém, nunca!! Sabe por quê? Porque eles estão em nosso convívio atuando com seus personagens de bons cidadãos. São atores naturais, pois sabem que seu comportamento doentio é repudiado pela sociedade e até mesmo pelos criminosos. Por isso não sabemos nunca quem os são, até que sejam descobertos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here