De acordo com dados divulgados pelo 7° Batalhão de Polícia Militar (7°BPM), somente em 2019, mais de 40 prisões decorrentes da Lei Maria da Penha já foram realizadas em Lagarto. O quantitativo é responsável por 18% de todas as prisões efetuadas pela Polícia Militar.

Lei Maria da Penha pode gerar até dois anos de reclusão

Ainda segundo o 7°BPM, os dados somente foram divulgados com o objetivo de oferecer a sociedade um pequeno panorama da violência doméstica no município. “Há quase um ano, reconhecendo a gravidade e as consequências perniciosas da violência doméstica, o 7° Batalhão estabeleceu uma política de tolerância zero, no combate aos infratores da LEI 11340/06”, acrescentou.

Diante da situação, a PM incentiva as vítimas de violência doméstica a denunciarem seus agressores. “Por fim, o 7° Batalhão reitera seu compromisso com o povo lagartense, estando à disposição de qualquer segmento da sociedade para ampliar o nosso atendimento”, encerra.

Segundo o Anuário Brasileiro da Segurança Pública de 2018, Sergipe foi responsável por 9,6% dos casos de lesão corporal dolosa contra as mulheres. 

Entretanto, vale lembrar que a Lei Maria da Penha foi aperfeiçoada e pode render até 2 anos de prisão. Já as denúncias podem ser feitas pelo 190.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here