Um festival de cores, alegria e cultura tomou conta da arena do Levanta Poeira 2019 na última noite da fase classificatória, que aconteceu nesta quinta-feira (6). Com a definição das duas primeiras colocadas do dia, foi fechado o segundo grupo da semifinal da competição, que já tinha Balança ‘Mais’ Não Cai e Peneirou Xerém confirmadas.

Unidos do Arrastapé falou sobre a vida do povo nordestino — Foto: Elson Mota/TV Sergipe
Unidos do Arrastapé falou sobre a vida do povo nordestino — Foto: Elson Mota/TV Sergipe

Diretamente de Itaporanga D’Ajuda para o tablado do concurso, a Unidos do Arrastapé foi a primeira a se apresentar e escolheu “Povo Marcado, Povo Feliz: Sou Nordestino Sim ‘Sinhô’” como tema. A quadrilha, fundada em 1993, apresentou um espetáculo que mostrou a realidade, muitas vezes dura, do nordestino e também o orgulho que cada um sente por ser parte desse povo.

A Explosão Nordestina contou a história de amor entre um pescador e uma serei — Foto: Elson Mota/TV Sergipe
A Explosão Nordestina contou a história de amor entre um pescador e uma serei — Foto: Elson Mota/TV Sergipe

Em seguida, a Explosão Nordestina, criada em 2015, em Estância, tomou conta da arena e mostrou o tema “O Canto ao Pescador: Quem Acredita no Visível, no Invisível Haverá de Acreditar”. A junina contou a história de uma sereia que se apaixonou por um pescador e lutou para viver esse amor, a princípio, impossível. O casal contou com a ajuda da Mãe D’Água e de São João para que pudessem ficar junto.

A São Bento é a única quadrilha católica do estado — Foto: Elson Mota/TV Sergipe
A São Bento é a única quadrilha católica do estado — Foto: Elson Mota/TV Sergipe

A São Bento, única quadrilha católica do estado, nasceu em 2016 e foi a terceira da noite. Trazendo o mote “Amor e Devoção: a Junina São Bento com Casamento em Comunhão”, a agremiação mostrou um casal que tinha o sonho de receber a hóstia consagrada, mas não podia porque não havia participado da cerimônia religiosa. No decorrer da apresentação, tudo mudou e os noivos finalmente se casaram. O repertório da junina foi inteiramente composto por canções católicas.

Apresentação da Xodó da Vila trouxe momentos marcados pela fé — Foto: Elson Mota/TV Sergipe
Apresentação da Xodó da Vila trouxe momentos marcados pela fé — Foto: Elson Mota/TV Sergipe

A Xodó da Vila, que tem mais de 27 anos de história, fechou a última noite da fase classificatória com uma homenagem aos três santos do ciclo junino. Santo Antônio, São João e São Pedro foram destaque no espetáculo, que contou com três partes, cada uma dedicada a um santo específico. Eles também foram lembrados nas vestes dos quadrilheiros e também no cenário.

As quadrilhas que garantiram as últimas vagas na semifinal foram Xodó da Vila e Explosão Nordestina, que ficaram com a 1ª e 2ª colocações, respectivamente. Em terceiro lugar ficou a Unidos do Arrastapé e em quarto a São Bento.

Com a fase classificatória encerrada, confira os dias e a ordem de apresentação de cada grupo na semifinal:

Sexta-feira (7)
Buscapé
Asa Branca (Simão Dias)
Pioneiros da Roça
Unidos em Asa Branca

Sábado (8)
Peneirou Xerém
Explosão Nordestina
Balança ‘Mais’ Não Cai
Xodó da Vila

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here