Na tarde desta segunda-feira (17), o Tribunal Regional Eleitoral de Sergipe (TRE/SE) marcou para o dia 1° de setembro a realização da Eleição Suplementar em Riachão do Dantas. A medida ocorre após a cassação do mandato de Gerana Costa e Luciano Góes dos cargos de prefeita e vice-prefeito, respectivamente. 

Durante a sessão, os desembargadores decidiram pela citada data, por considerarem que esta oferece tempo suficiente para a publicação da resolução específica definindo as regras do pleito eleitoral e cumprimento de um calendário próprio a ser estabelecido pelo próprio TRE.

Desde o dia 6 de setembro de 2018, a Prefeitura Municipal de Riachão do Dantas está sendo administrada pelo presidente da Câmara de Vereadores, Pedro da Lagoa (PT), que exerce o cargo pela segunda vez e pelos mesmos motivos.

Agora, com a marcação da eleição, cresce a expectativa entre os riachãoenses. E no quadro político eleitoral, Simone Andrade aparece como favorita para o pleito. 

Leia também: Simone Andrade espera que a cassação de Gerana Costa sirva de exemplo

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here