Prefeitura de Lagarto passará a emitir licenças ambientais

0
Prefeitinho, secretário municipal do Meio Ambiente, quer ser Prefeito Municipal de Lagarto

Depois de muita discussão, a Prefeitura Municipal de Lagarto, por meio da Secretaria Municipal do Meio Ambiente, passará a emitir licenças ambientais no município e não mais junto a Administração Estadual do Meio Ambiente (Adema). Segundo Aloísio Andrade (Prefeitinho), atual SEMA, a expectativa é que elas comecem a ser expedidas em até 15 dias.

Prefeitinho, secretário municipal do Meio Ambiente

“Esse projeto foi colocado como uma das três metas principais da nossa pasta. Então procuramos viabilizá-lo junto a Adema, quitando nossas pendências e capacitando os nossos profissionais, e agora iremos encaminhar a Câmara de Vereadores um projeto informando que o Município também expedirá as licenças. Esse processo deve levar uma semana, mas acredito que em até 15 dias já estejamos com o serviço funcionando”, disse o secretário.

Ainda segundo Prefeitinho, o Município de Lagarto somente expedirá licenças para empresas de pequeno e médio porte. “As grandes, a exemplo do Maratá, ficará a cargo da Adema”, observou. Além disso, ele informou que os empresários poderão acompanhar todo o processo virtualmente de expedição virtualmente, no site oficial da Prefeitura do Lagarto.

“Com essa plataforma, o empresário terá que ir somente uma vez na secretaria protocolar toda a documentação, pois poderá acompanhar tudo de onde estiver”, comemorou o chefe da SEMA. Além disso, Prefeitinho comemorou os efeitos da expedição junto aos cofres da prefeitura. “Agora, os recursos que antes iriam para Aracaju ficarão aqui, para ser usado em favor do povo de Lagarto”, destacou.

Respondendo as críticas

Ainda na entrevista que concedeu ao Portal Lagartense, Prefeitinho afirmou que o cumprimento de algumas metas do Meio Ambiente é o reflexo do que realmente faz a Secretaria Municipal do Meio Ambiente.

“Ao todo são três metas: a primeira é essa, a segunda é colocar os catadores num galpão, e a terceira é a implantação do sistema eletrônico de emissão de certidão. Então eu quis mostrar que a SEMA não é cabide de emprego, e nós estamos mostrando isso quando conseguimos tais conquistas”, argumenta. 

Atualmente, a Secretaria Municipal do Meio Ambiente funciona em frente a Escola Estadual Dom Mario Rino Sivieri.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here