Desde a semana passada, o Portal Lagartense vem recebendo algumas queixas de alunos e de moradores do povoado Jenipapo, na zona rural de Lagarto, referentes a situação do Colégio Estadual Professor Claudio Monteiro. Segundo eles, a unidade está sem diretor, coordenador e com a necessidade de reconstrução da quadra esportiva.

Colégio Estadual Professor José Claudio Monteiro

Além disso, segundo Laisa Barreto, aluna do 2° Ano A, do período vespertino, o problema se estende até a merenda escolar. “Todo dia é servido macarrão com frango, mas eu não pego não. Prefiro levar lanche”, comentou a aluna lamentando a situação vivida pela unidade escolar.

Procurada, Daniele Silva, chefe da Diretoria Regional de Educação II, informou que o problema relativo a merenda escolar será resolvido até a próxima sexta-feira (28). “A escola teve um problema com seu freezer e ficou impossibilitada de armazenar proteínas, mas ele já foi adquirido e a situação deve ser regularizada até a sexta-feira”, explicou.

Em relação a falta de diretor e coordenador, a diretora lembrou que na DRE II há três escolas com o mesmo problema. “Elas estão assim porque os diretores deixaram seus cargos para atenderem ao chamado do PSS do Ensino Médio Integral, e nós não podemos nomear os novos diretores, porque estamos no meio de um processo seletivo para a escolha deles. Por isso, pedi para que cada comunidade escolar se reunisse para eleger um coordenador interino até o dia 30 de julho, quando conheceremos os novos diretores”, acrescentou Daniela Silva.

Ela ainda esclareceu que, com a posse dos novos diretores, estes escolherão a sua equipe diretiva, composta por coordenador e secretários. “Então esse coordenador interino pode ser que fique ou não”, observou.

Quadra deve ser reformada até o próximo ano

Em relação a última queixa dos alunos, referente a situação da quadra poliesportiva, Daniela informou que a reforma depende da liberação de recursos federais. “As reformas são justas e já foram encaminhadas para a SEDUC. Com isso, algumas receberão melhorias no espaço físico nesse segundo semestre, e os que não receberem ficarão para ou para o primeiro ou segundo semestre do ano que vem. Tudo depende da ordem de prioridade e da liberação dos recursos”, pontuou.

 

 

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here