O governador Belivaldo Chagas (PSD) participou, na última quarta-feira (26) em Brasília, de uma nova reunião entre os governadores do Nordeste e o presidente da Câmara Federal, Rodrigo Maia (DEM). O assunto foi a inclusão dos Estados na Reforma da Previdência. Além disso, temas como a repartição da Contribuição Social sobre o Lucro Líquido (CSLL), o Fundo Social, Cessão Onerosa, Securitização da Dívida, 30% do Fundo Constitucional do Nordeste (FNE), também foram debatidos
entre os gestores estaduais.

Chagas afirmou que a disposição do governo de Sergipe é de dialogar, ajudar e ao mesmo tempo fortalecer a região Nordeste. Disse ainda que é fundamental para o futuro do Estado a aprovação de itens como a securitização das dívidas, o bônus por assinatura,a cessão onerosa, a possibilidade de acesso aos recursos do Banco do Nordeste para investimentos em infraestrutura, o plano Mansueto, entre outros.

O governador de Sergipe e dos demais Estados do Nordeste já haviam se manifestado
favoravelmente, através de uma carta publicada no início deste mês, a respeito da manutenção dos Estados na reforma da Previdência. Apesar de o documento reconhecer a necessidade das reformas da Previdência, tributária, política e a revisão do pacto federativo, também afirmava haver divergências em relação às mudanças previstas para o Benefício de Prestação Continuada (BPC) e para a aposentadoria rural, que segundo os gestores, precisam de atenção especial e proteção do setor público.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here