De acordo com 39% da população, o presidente Jair Bolsonaro não fez nada de muito positivo ou que mereça destaque em seus seis primeiros meses de governo. Isso é o que diz a pesquisa Datafolha divulgada na última segunda-feira (22) que foi realizada entre os dias 4 e 5 deste mês.

Ainda segundo a pesquisa, outros 19% não souberam responder o que o presidente fez de melhor durante seu mandato. Os números são ainda maiores quando são considerados os dados baseados em recorte de gênero, religião, escolaridade, raça, classe social e região. Isso porque, para 45% das mulheres e pessoas com apenas o ensino fundamental, nenhuma realização de Bolsonaro merece destaque até agora.

Entre os negros esse número sobe para 46%, e para 52% entre os adeptos de religião de matrizes africanas. Segundo 47% dos nordestinos entrevistados, e 76% daqueles que avaliam o governo como ruim ou péssimo, nada do que o presidente fez até agora merece destaque positivo.

Dos que consideraram ter acontecido algum avanço, 8% enfatizaram a segurança, 7% citaram a reforma da Previdência, 4% citaram a flexibilização da posse de armas, e outros 4% o combate à corrupção. 16% dos entrevistados destacaram outros fatores.

Entretanto, quando perguntados o que Bolsonaro havia feito de pior, 18% também responderam que nada. Os decretos de armas aparecem com 21% de citações entre as iniciativas do presidente avaliadas como ruins. Logo em seguida aparece a reforma da Previdência, citada por 12% dos entrevistados e 9% avaliaram como ruim seu trato com a imagem pública. Este item inclui declarações consideradas desnecessárias, usos de palavras ofensivas e postura em relação aos filhos e articulação política.

A pesquisa ouviu 2.086 pessoas com mais de 16 anos, em 130 cidades. A margem de erro é de dois pontos percentuais, para mais ou para menos, e o índice de confiança é 95%.

Com informações da Folha de S.Paulo

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here