Assim como ocorrido em Lagarto, o Matadouro Municipal de Tobias Barreto também será privatizado. É que representantes do Município assinaram um termo se comprometendo a criar edital de licitação para que a atividade seja explorada pela iniciativa privada.

Matadouro está interditado desde o dia 06 de novembro de 2018

O comprometimento se deu em um reunião a portas fechadas com representantes do Ministério Público Federal (MPF), do Ministério Público do Estado (MPE), da Administração Estadual do Meio Ambiente (Adema) e da Empresa de Desenvolvimento Agropecuário de Sergipe (Emdagro).

Contudo, segundo informações da jornalista Cássia Santana, para que o matadouro tobiense seja privatizado, a Prefeitura Municipal deve apresentar toda a estrutura com os equipamentos indispensáveis, exigidos pela legislação federal. Tais equipamentos incluem, por exemplo: câmeras frigoríficas, de forma que o empreendimento esteja apto a receber os respectivos selos de inspeção que autorize a comercialização da carne, seja no âmbito do município, do Estado ou até mesmo para a exportação.

Além disso, diante de tantos matadouros interditados no estado, segundo representantes do MPF e MPE, para serem reabertos eles deverão ganhar uma roupagem de frigorífico, para que possam atender as demandas de forma regionalizada e respeitando as normas sanitárias.

Vale lembrar que o matadouro de Tobias Barreto está interditado desde o dia 06 de novembro de 2018, quando passou por uma fiscalização, em uma ação coordenada pelo Ministério Público Federal em Sergipe (MPF/SE) e o Ministério Público do Estado de Sergipe (MPSE). De acordo com o MPF, a manutenção e operação do matadouro eram precárias.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here