Após a repercussão causada pela informação de que a união estava selada dentro do agrupamento político Saramandaia, visando as eleições de 2020 e o pós eleição, o ex-prefeito Jerônimo Reis afirmou que espera que a deputada estadual Goretti Reis e o deputado federal Fábio Reis não entrem na disputa pelo comando da Prefeitura Municipal de Lagarto.

Jerônimo participou da reunião que selou a paz dentro do grupo

“Eles [Fábio e Goretti] continuam disputando a possibilidade de uma candidatura. O que ficou decidido ontem [domingo, 25] foi a solução de algumas arestas existentes entre integrantes da família, mas na questão da candidatura qualquer um tem condições. Eu espero que eles permaneçam aonde eles estão”, disse o ex-prefeito de Lagarto ao radialista Aloísio Andrade (Prefeitinho).

Ainda na entrevista, Jerônimo lembrou que embora a sua vontade seja por outros nomes na disputa, tanto Fábio como Goretti estão livres para ingressar na disputa, não havendo restrição de nomes. “Ficou acordado que qualquer um pode ser candidato, tanto da família quanto qualquer um amigo”, acrescentou.

Jerônimo Reis foi prefeito de Lagarto entre 1996 e 2002

Além disso, em relação a indicação de um “amigo” para a chapa majoritária, Jerônimo disse que o agrupamento não teme repetir a experiência Lila Fraga, que foi iniciada nos braços do povo e encerrada pela repulsa do mesmo.

“Lila foi escolhido, porque naquele momento o povo de Lagarto entendia que ele era a melhor escolha. Se deu certo ou não, quem errou não fomos nós, mas Valmir Monteiro, que deixou a prefeitura quebrada, endividada, o Município todo esbagaçado e Lila tentou consertar. O que faltou nele foi o contato em saber receber e conversar as pessoas, principalmente com os servidores públicos”, argumentou.

Com a paz selada entre as alas internas no Ninho do Gavião e o racha político do agrupamento Bole-Bole, anunciado após a prisão do prefeito afastado Valmir Monteiro, os nomes de Goretti e Fábio Reis figuram entre os principais nomes do grupo Saramandaia para a disputa. Contudo, é importante destacar que uma eventual péssima gestão destes à frente da Prefeitura de Lagarto poderia dificultar a pavimentação de novos voos da Família Reis na política sergipana.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here