Ailton Bueno, atleta do projeto de extensão “Halterofilismo Paralímpico”, do Departamento de Educação Física da Universidade Federal de Sergipe (UFS), conquistou medalha de bronze nos Jogos Parapan-Americanos de Lima, no Peru.

Com sua conquista, o atleta da UFS contribui para o Brasil se consolidar como maior potência do esporte paralímpico nas Américas.

O paraibano de 34 anos e 1,75m, radicado em Sergipe, já havia conquistado medalha de prata no Regional das Américas na categoria até 80kg do levantamento de peso. Bueno sofreu uma paralisia infantil ao nascer, decorrente da aplicação de uma benzetacil no nervo ciático que atrofiou sua perna esquerda.

Campanha histórica

Com sua conquista, o atleta da UFS contribui para o Brasil se consolidar como maior potência do esporte paralímpico nas Américas. A delegação brasileira conquistou 308 medalhas na competição, sendo 124 ouros. Esses números superam a campanha do  Parapan de 1999, na Cidade do México, em que o então país anfitrião levou 307 medalhas, 121 delas sendo de ouro.

A cerimônia de encerramento do Parapan ocorreu no último domingo (1°).

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here