Na última quarta-feira (11), a Secretaria de Estado da Saúde (SES), divulgou o resultado do quinto Levantamento de Índice Rápido do Aedes Aegypti (LIRAa). Apesar de os números revelaram uma diminuição relacionada a quantidade de municípios sergipanos com alto índice de infestação, caindo de 26 para 10, Simão Dias, Riachão do Dantas e Salgado permanecem no grupo classificado como de alto risco.

Assim, dos 75 municípios, 17 estão com risco baixo, 48 com risco médio e 10 em alto risco. Atualmente, os municípios que estão com alto risco de infestação são: Capela, Itabaiana, Japoatã, Nossa Senhora da Glória, Porto da Folha, Riachão do Dantas, Ribeirópolis, Salgado, Simão Dias e Tomar do Geru. Já São Domingos e General Maynard que estavam com risco alto de infestação foram para baixo risco e os outros 14 se encontram com risco médio.

A diretora de Vigilância em Saúde, Mércia Feitosa, afirma que a atuação da Brigada de combate ao mosquito tinha a prioridade de atuar nos municípios com alto índice, e que dos 22 visitados até agora, 17 apresentaram redução em seus índices de infestação. “É uma estratégia positiva com reflexo em curto tempo”, afirma.

Além disso, Feitosa destaca que as ações de combate ao Aesdes Aegypti têm que ser continuadas e que esse é um trabalho que deve envolver  tanto os agentes quanto a participação efetiva da população. “Esses 10 municípios apontados pelo LIRAa como alto risco serão visitados pela Brigada Itinerante para intensificação das ações de controle. Não dá para vacilar, mesmo os municípios que apresentaram redução nos índices, devem implementar as ações”, finalizou.

Com informações da SES

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here