Três projetos de lei que visam dar assistência a famílias de baixa renda no município de Lagarto criados pela prefeita Hilda Ribeiro foram enviados à Câmara de Vereadores na última segunda-feira (16). Os projetos do Poder Executivo serão de auxílio cesta básica, transferência de renda e distribuição de equipamentos e ferramentas para trabalhadores rurais.

Mais na Mesa

O Mais na Mesa fará a distribuição de cestas básicas para famílias que estão em situação de extrema pobreza. “Me dói demais ver as pessoas em suas casas ou na rua sem ter o que comer, sem saber o que vai dar para os seus filhos no almoço. É humanamente desesperador isso. Então concluímos que precisamos urgentemente prestar um auxílio para que nenhuma família do nosso município fique sem alimento na mesa”, afirmou a prefeita Hilda.

“Me dói demais ver as pessoas em suas casas ou na rua sem ter o que comer, sem saber o que vai dar para os seus filhos no almoço”, disse a prefeita.

O projeto de lei enviado à Câmara vai beneficiar famílias em situação de vulnerabilidade social e insegurança alimentar causada por condições socioeconômicas e pessoas com doenças crônicas que precisem de uma alimentação específica. Além do mais, grupos vulneráveis, comunidades tradicionais e famílias que perderem por morte ou abandono o membro que sustenta a casa, ou este ficar desempregado, também serão beneficiadas com o programa.

Renda Cidadã

O Renda Cidadã também tem o objetivo de combater a pobreza em Lagarto. Se aprovada, a lei atenderá cerca de mil famílias com a transferência de renda no valor de R$ 110,00. A boa notícia é que as famílias que já recebem o Bolsa Família do Governo Federal também poderão se enquadrar no programa municipal.

“Se a família, mesmo recebendo o Bolsa Família Federal, ainda assim não conseguir ter o suficiente para levar uma vida mais digna, se alimentar com mais qualidade, ter acesso ao básico, ela, atendendo aos requisitos, terá acesso sim ao nosso programa, que vai atender um número muito grande de pessoas, algo nunca visto antes numa lei municipal”, explicou Hilda.

Guerreiros da Terra

A prefeita Hilda também ampliou o olhar da Prefeitura para as populações da zona rural com o envio à Câmara Municipal do projeto de lei que tende a criar o programa Guerreiros da Terra. O projeto objetiva apoiar o desenvolvimento agrário, incentivar o uso sustentável da terra e distribuir itens e insumos para os trabalhadores rurais.

“Estamos pensando nas famílias que dependem da agricultura para sobreviver, mas que não têm condições de arcar com os custos para preparar a terra, para o plantio, fundamentais no trabalho da lavoura. Isso, entre outras ações do programa, com certeza ajudará no aumento da renda dessas famílias e dará melhores condições de vida. Lagarto precisa entrar de vez na era do desenvolvimento”, completou a prefeita.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here