O deputado federal Fábio Reis (MDB/SE), vice-líder do partido, apresentou nesta terça-feira (17), indicação ao ministro da Economia, Paulo Guedes, para a criação do Programa de Apoio ao Profissional do Campo, por meio do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES).

A proposta é que haja uma linha de crédito específica para o profissional que atua na área rural, pois de acordo com o deputado, os programas que atendem o setor, como o Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf), Programa Nacional de Apoio ao Médio Produtor Rural (Pronamp) e linhas diversas de créditos e microcréditos, não alcançam todos os trabalhadores.

“A expressão homem do campo tem sido historicamente ligada apenas ao pequeno agricultor, inseridos no contexto da agricultura familiar. A minha sugestão ao BNDES é que o Programa de Apoio ao Profissional do Campo seja uma linha de crédito que atenda aos profissionais já estabelecidos, como professores, cabeleireiros, advogados, caminhoneiros, pedreiros. Profissionais que resistiram ao êxodo rural e permaneceram no campo”, disse Fábio Reis.

De acordo com o deputado, dos 210 milhões de brasileiros, cerca de 15% vivem no campo. No Nordeste, o percentual é ainda maior.

Trâmite – Fábio Reis criticou a extensa burocracia necessária para ter acesso a qualquer tipo de financiamento concedido pelos programas de incentivos. Segundo ele, as exigências solicitadas são um desestímulo à aquisição do benefício.

“Para que o Programa funcione, ele deve ser antes de tudo, inovador na simplicidade e desburocratização dos processos. Espero que este novo momento do Brasil e as novas mentes que conduzem a economia do País sejam sensíveis aos anseios e necessidades dos que atuam na zona rural, o que certamente fará uma grande diferença”, concluiu Reis.

O deputado federal Fábio Reis
Deputado federal Fábio Reis

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here