Policiais da Delegacia Territorial de Cândido Sales, distante 600 quilômetros de Salvador, cumpriram na última quarta-feira (18/10), dois mandados de prisão preventiva. Os alvos eram Lourisvaldo José da Silva, de 60 anos, e Mamédio Rodrigues de Oliveira, ambos acusados de abuso sexual contra as próprias filhas.

O primeiro a ser preso foi Lourisvaldo Silva, localizado em uma residência no Povoado do Vistoso, na zona rural da cidade. Mamédio foi detido no Povoado de Barra do Furado, também na zona rural, e apresenta uma lista de abusos contra filhas e irmãs, que está sendo investigada. A imagem dele não foi divulgada pela Polícia Civil.

De acordo com o delegado Render Andrade, titular da DT/Cândido Sales, Mamédio é suspeito de estuprar uma filha de 16 anos, que reside com ele. “O Conselho Tutelar da cidade acompanha o caso, uma vez que o histórico dele é ruim”, revelou o delegado, que está à frente das investigações. O caso já havia sido publicado ontem (19/10), no Aratu Online.

Ele lembrou que o homem já foi indiciado em inquéritos policiais por estuprar uma filha, hoje mais velha, dos nove aos 15 anos, com quem teve um filho. Hoje, com 13 anos de idade, o adolescente apresenta diversos problemas de saúde.

O delegado disse ainda que, neste ano, Mamédio já foi indiciado por estuprar a própria irmã e que, ao longo das investigações deste caso, descobriu que ele havia cometido o mesmo crime contra outras duas irmãs. Ambas ficaram grávidas e perderam os filhos. Uma durante o parto e a outra quatro meses depois do nascimento da criança.

Fonte: Aratu online

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here