Desde a última segunda-feira (7), muitos prefeitos sergipanos desembarcaram em Brasília-DF. Na bagagem, eles levaram além da simpatia, um leque de demandas dos seus respectivos municípios aos deputados federais e senadores por Sergipe.

A jornada não teve início nesta semana por acaso. Uma vez que daqui a duas semanas, cada parlamentar poderá apresentar até 25 emendas impositivas, no valor total de R$ 15,9 milhões.

Contudo, segundo apurado pela reportagem do Portal Lagartense, parte considerável desses recursos devem ser alocados na Saúde. Tanto é que dois prefeitos da região Centro-Sul – Simone Andrade (Riachão do Dantas) e Diógenes Almeida (Tobias Barreto) – realizaram visitas em busca de recursos para Saúde, Educação e Infraestrutura.

Além de Simone e Diógenes, também já estiveram em Brasília, nos últimos dias, o prefeito Duílio Siqueira, de Salgado, e Hilda Ribeiro, de Lagarto. Na ocasião, eles esteve também em alguns ministérios.

Mas, até a votação do Orçamento de 2020, a tendência é que mais prefeitos, sobretudo aqueles que governam Municípios de pequeno porte, desembarquem na capital federal em busca de recursos para a municipalidade.

Cabe destacar que além dos Estados e Municípios, os parlamentares também poderão destinar recursos para ONGs, Comunidades Terapêuticas – como a Fazenda da Esperança, e entidades como a Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (APAE) de Lagarto, que está concorrendo a emendas do Senador Alessandro Vieira (Cidadania-SE).

Leia também: Apae Lagarto concorre a emendas do Senador Alessandro Vieira

 

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here