No próximo dia 07 de novembro, o pleno do Tribunal de Contas do Estado (TCE) elegerá a nova Mesa Diretiva da casa. Até o momento, é dado como certo a eleição do conselheiro Luiz Augusto Ribeiro, pai do deputado federal Gustinho Ribeiro, ao cargo de presidente da Corte de Contas.

Luiz Augusto goza de dois critérios fundamentais para a eleição ao cargo de presidente

A certeza, segundo a jornalista Cássia Santana, é fruto de dois critérios fundamentais para a eleição de um presidente no TCE que o Dr. Luiz Augusto goza. São eles o da antiguidade, em que vence o conselheiro com mais tempo na função, e o de rodízio, onde será escolhido aquele que ainda não presidiu a Corte de Contas no Estado. 

Diante disso, a expectativa da eleição está em torno dos outros cargos da Mesa Diretiva: Vice-presidente e Corregedor-geral que atualmente são ocupados pelos conselheiros Carlos Alberto Sobral e Angélica Guimarães, respectivamente. 

Os eleitos tomarão posse no primeiro dia útil do ano de 2020.

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here