Canonizada no último domingo (13), Santa Dulce dos Pobres terá um roteiro turístico de peregrinação em Sergipe. A medida está sendo construída por meio de uma parceria entre o Governo do Estado, a Arquidiocese de Aracaju e as prefeituras de Aracaju e São Cristóvão.

Santa Dulce dos Pobres confirmou sua fé em um convento instalados em São Cristóvão

“A ideia é possibilitar um roteiro entre Aracaju, primeira cidade do país a ter uma paróquia que leva o nome da freira, localizada no bairro 17 de Março, e São Cristóvão, onde Dulce iniciou sua vida religiosa”, informou o Governo do Estado. 

Já o governador Belivaldo Chagas (PSD) viu na medida uma oportunidade de fomentar o turismo religioso em Sergipe. Por isso, informou que, através de uma ação conjunta com os órgãos já citados, “vamos trabalhar para que no próximo 13 de agosto de 2020, ano que também completamos 200 anos de emancipação política de Sergipe, a gente tenha todo esse roteiro pronto para entregar à sociedade sergipana, brasileira e mundial”. 

Para Dom João José Costa, a expectativa é que se estabeleçam romarias permanentes em Sergipe a partir dos passos da primeira santa nascida no Brasil. “Todos aqui estão focados nessa proposta de um caminho de Dulce, ligando Aracaju a São Cristóvão. Com certeza, é um justo reconhecimento da importância de Dulce na história de Sergipe e na história da nossa Igreja. Para nós é motivo de muita honra e gratidão. Com certeza, faremos essa caminhada com Dulce, não só do ponto de vista de espaço físico, mas também do caminho espiritual, para que assim como ela alcançou a santidade, nós também possamos alcançar”, comentou o clérigo.

Prefeituras, Estado e Igreja estão unidas para construir o roteiro

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here