Como já era esperado e anunciado, o Conselheiro Luiz Augusto Ribeiro, pai do deputado federal Gustinho Ribeiro (SD), foi eleito presidente do Tribunal de Contas do Estado de Sergipe (TCE/SE). Ele sucederá o conselheiro Ulisses Andrade a partir do próximo dia 09 de dezembro e ficará a frente do órgão no biênio 2020/2021.

Eleição de Luiz Augusto manteve a mantém a tradição de seguir os critérios de antiguidade e rodízio

Após a sua já esperada eleição, o conselheiro lagartense falou que na sua gestão “o Tribunal de Contas continuará cumprindo com todo rigor e determinação a sua missão constitucional de fiscalização e controle das contas públicas, mas também atuará de forma colaborativa junto aos seus jurisdicionados promovendo ações instrutivas, treinamento e reciclagem técnica dos servidores públicos”.

Além de Luiz Augusto, a nova Mesa Diretoria terá a conselheira Susana Azevedo e o conselheiro Carlos Alberto Sobral, na vice-presidência e na corregedoria geral, respectivamente. Após a eleição, o presidente eleito indicou o conselheiro Carlos Pinna para a direção da Escola de Contas (Ecojan), bem como a conselheira Angélica Guimarães para a Ouvidoria do TCE/SE.

Nova mesa diretora do Tribunal de Contas de Sergipe
Perfil de Luiz Augusto
Bacharel em Ciências Econômicas, Luiz Augusto Ribeiro foi nomeado conselheiro do TCE/SE no dia 28 de março de 2011. Antes, desde 1º de fevereiro de 1983, exercia o cargo de conselheiro substituto.
Sua passagem pela vida pública inclui ainda um mandato como deputado estadual na legislatura de 1º de Fevereiro de 1979 a 31 de janeiro de 1983. Foi também Secretário de Estado da Administração e Secretário de Estado da Indústria, Comércio e Turismo; além de já ter presidido a Codise e o Conselho de Administração do Ipes.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here