Em entrevista concedida ao Adiranilton Santos, durante o Programa Cidade em Debate, exibido pela Serigy FM, e replicada pelo Portal Lagartense, o jornalista e ex-prefeito de Lagarto, José Raymundo Ribeiro (Cabo Zé), teceu algumas críticas ao presidente Cidadania em Lagarto, Itamar Santana, bem como a quarta via que o partido pretende lançar em 2020.

Na ocasião, Cabo Zé negou qualquer possibilidade de aliança devido a liderança de Itamar Santana no mencionado partido. “Eu fiquei cismado com Itamar e não tenho nada contra Nininho, mas disse que ele estava seguindo um rapaz que dizia que Valmir era o pai da mentira e que depois aceitou o cargo de secretário de Valmir. Então estou numa certa idade e não posso tolerar qualquer coisa”, argumentou o Cabo Zé.

Itamar: Cabo Zé representa a pior face da política

Diante das declarações do comunicador, Itamar Santana solicitou seu direito de resposta. Nele, o presidente do Diretório Municipal do Cidadania afirmou que “Cabo Zé representa a pior face da política” e que, portanto, “o Cidadania nunca aceitaria o apoio dele”. “Na verdade o que Cabo Zé representa é tudo aquilo que a nova política repugna. Pois a política dele está representada no clã familiar, coisa que o Cidadania vem combatendo”, completa. 

Além disso, Itamar buscou tranquilizar a população em relação a quarta via. “Fiquem tranquilos que o Cidadania não estará com membros da oligarquia política local. Vamos apresentar verdadeiramente uma chapa nova, com um plano de governo voltado para a redução da máquina pública, para qualificar a prestação dos serviços municipais, em especial com uma saúde de qualidade, humanizada e o investimento na segurança pública, através de suporte a guarda municipal”, reforça. 

Confira a resposta de Itamar na íntegra:

Primeiro quero afirmar que Cabo Zé representa a pior face da política e que o Cidadania nunca aceitaria o apoio dele. Na verdade, o que Cabo Zé representa é tudo aquilo que a nova política repugna. Pois a política dele está representada no clã familiar, coisa que o Cidadania vem combatendo. 

Quero tranquilizar os lagartenses que acreditam na renovação, que fiquem tranquilos que o Cidadania não estará com membros da oligarquia política local. Vamos apresentar verdadeiramente uma chapa nova, com um plano de governo voltado para a redução da máquina pública, para qualificar a prestação dos serviços municipais, em especial com uma saúde de qualidade, humanizada e o investimento na segurança pública, através de suporte a guarda municipal.

Por fim quero afirmar que o Cidadania é o instrumento de renovação ao qual os lagartenses tanto almeja. Vamos continuar a combater e velha política.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here