Desde a tarde da última quinta-feira, 14, o Governo do Estado de Sergipe está sob o comando da vice-governadora, Eliane Aquino (PT). Ela assumiu o cargo em função de uma viagem que o governador Belivaldo Chagas faria junto a a comitiva dos governadores do Nordeste à Europa.

No velho continente, Belivaldo e os governadores buscariam investimentos para áreas integradoras da região, como sustentabilidade, infraestrutura, turismo, saúde, segurança pública, saneamento e energias limpas. Eles visitariam a França, a Itália e a Alemanha. 

Entretanto, Belivaldo teve que ficar de fora. Uma vez que Na tarde da sexta-feira, 15, o governador teve um pico de pressão alta, que logo foi normalizada. Na ocasião, ele foi internado e passou por uma bateria de exames, que – de acordo com o Governo do Estado – descartaram qualquer problema de saúde de maior gravidade,mas recebeu orientação médica de ficar em observação na unidade de saúde.

Diante disso, no último domingo, 17, o governador recebeu alta médica após uma reavaliação. “Ele deixou o Hospital São Lucas, na zona sul de Aracaju, onde estava internado desde a sexta-feira, com quadro estável e sem nenhum dos sintomas apresentados no ato da sua internação. Segundo os médicos, todos os exames demonstraram que ele está bem de saúde. Por precaução e orientação médica, Belivaldo deve repousar durante essa semana”, informou o Governo do Estado.

Enquanto isso, a petista Eliane Aquino segue no comando do cargo mais alto da política sergipana. “Lembro que esta é a terceira vez que uma mulher assume o Governo de Sergipe, o que sinaliza para a necessidade de cada vez mais mulheres na política”, defendeu a governadora em exercício por meio das suas redes sociais.

Essa é a terceira vez que uma mulher ocupa o posto de governadora do Estado

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here