Na manhã do último sábado, 16, Alisson Santos Oliveira, morreu após um confronto com policiais civis do Complexo de Operações Policiais Especiais (Cope), que cumpriram um mandado de prisão aberto em seu desfavor.

Segundo a Secretaria de Estado da Segurança Pública de Sergipe (SSP/SE), o caso ocorreu em uma residência na Coroa do Meio, em Aracaju, onde Alisson estava escondido. “Na abordagem, Alisson reagiu à chegada dos policiais e foi alvejado. Ele foi encaminhado para o Hospital de Urgência de Sergipe (Huse), mas não sobreviveu”, relatou a pasta.

Ainda de acordo com a SSP/SE, contra Alisson, além do processo de roubos praticados na região de Lagarto, também pesam investigações pelo crime de homicídio. “Com o investigado, os policiais encontraram uma Carteira Nacional de Habilitação (CNH) falsa e a arma de fogo usada no crime”, acrescentou a secretaria.

Segundo a equipe do Cope, ele é um criminoso de alta periculosidade. Investigações recentes da Delegacia Regional de Lagarto e Cope suspeitam de que ele preparava outros assaltos em Aracaju e região metropolitana.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here