O governador Belivaldo Chagas se reuniu, nesta segunda-feira (25), em Salvador (BA), com o presidente do grupo Unigel, Henri Armand Slezynger, e com o governador do estado, Rui Costa. O objetivo do encontro foi discutir a retomada das atividades das Fábricas de Fertilizantes Nitrogenados da Bahia e de Sergipe (Fafens).

Na última quinta-feira (21), a Petrobras assinou contratos de arrendamento das duas fábricas com a Proquigel Química SA, pertencente ao grupo Unigel. A transação foi de R$ 177 milhões e a empresa terá o controle das Fafens por 10 anos, podendo ser prorrogado por mais uma década. O arrendamento inclui, além das fábricas, os terminais marítimos de amônia e ureia do Porto de Aratu, na Bahia.

Governador se colocou à disposição para auxiliar no que for possível para que a Fafen de Sergipe retorne as atividades no menor tempo possível.

“O assunto da Fafen é um assunto de interesse mútuo, afinal Sergipe e Bahia dependem muito do funcionamento destas duas unidades. Então, tivemos a oportunidade de conversar com a empresa que fez o arrendamento, pois queremos nos somar a esses empreendedores para que tenhamos as duas unidades funcionando novamente”, destacou Belivaldo Chagas.

Após a assinatura do contrato, a empresa possui um prazo de seis meses para realizar ajustes e emitir as licenças necessárias. O governador se colocou à disposição para auxiliar no que for possível para que a Fafen de Sergipe retorne as atividades no menor tempo possível.

“Vamos fazer uma força-tarefa em conjunto para que encontremos formas de viabilizar, por exemplo, o preço do gás, porque interessa para todos nós que tenhamos novamente geração de emprego e renda. Queremos, juntos, avançar nestes pequenos entraves, que são naturais, para que a geração de emprego aconteça e o aquecimento da economia”, complementou.

Histórico

A Fafen de Laranjeiras (SE) entrou em hibernação em 2018, com oficialização em janeiro deste ano. A fábrica entrou em operação em 1982, levando grande desenvolvimento para Sergipe. Ocupando uma área de um quilômetro quadrado, a Fafen Laranjeiras produzia amônia, ureia fertilizante, ureia pecuária, ureia industrial, ácido nítrico, hidrogênio e gás carbônico. 

Em janeiro deste ano, a fábrica da Fafen em Camaçari (BA) também anunciou o encerramento das suas atividades, após 47 anos de funcionamento. 
 

Fonte: ASN

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here