Um banho de água fria para os torcedores do Lagarto Futebol Clube. É que a conclusão da reforma do Estádio Paulo Barreto de Menezes, o popular Barretão, ainda precisa de 90 dias para ser concluída. Segundo José Martins Costa, mestre da obra, até o momento foram concluídos apenas “uns 50%” de toda a empreitada.

Para o mestre de obras, a estimativa é fruto das paralisações e de alguns percalços encontrados durante a execução da reforma

Segundo ele, em entrevista ao Portal Lagartense, o prazo é resultado das duas paralisações ocorridas na obra, que somam juntas cinco meses, aliada a estudos técnicos que paralisaram temporariamente a instalação do sistema de drenagem no subsolo do gramado do estádio. “Teve um paradeiro por causa do solo. Negócio de uma terra ai, porque vão ver se tiram essa terra preta para colocar outra, mas quem vai dizer isso é o técnico”, explicou o mestre de obras.

Apesar do longo prazo estimado pelo homem que praticamente coordena os trabalhos ali desenvolvidos, a nossa reportagem apurou que, até o dia de ontem, 28, foram instalados os revestimentos das paredes dos banheiros, dos dois bares das arquibancadas, de parte do mini-posto de saúde, dos vestiários dos atletas e dos árbitros, sem contar com a pavimentação e construção de escadas na frente das arquibancadas.

Estimativa pode retirar do Lagarto FC o sonho de disputar o Sergipão 2020 no Barretão

Entretanto, ainda faltam serem trocados os refletores, os alambrados, as instalações elétricas, bem como ser realizada a instalação do sistema de drenagem, da revitalização do piso das arquibancadas, das cabines de imprensa, que são sete, e a instalação do gramado. Tudo isso, sem contar com a pavimentação do entorno dos gramados, que se estende gradativamente.

Diante disso, seu José Martins salientou que tudo está sendo mexido. “Nós temos 33 funcionários, porque muita gente pensa que somente tem cinco pessoas porque tem muita gente que trabalha debaixo das arquibancadas né? Ai tem uns ai que soltam aqueles drones para filmar, ai vê alguma pessoa trabalhando e diz que não tem ninguém. Por que o drone não filma debaixo da arquibancada pra ver? Não entra e depois fica dizendo que a firma é Unha Pintada”, criticou.

Fábio Reis: Feliz por um lado e triste por outro

Como sempre faz ao retornar de Brasília-DF, o deputado federal Fábio Reis (MDB/SE) costuma visitar as obras que estão sendo executadas com recursos oriundos de suas emendas parlamentares. Por isso, ainda na tarde ontem, acompanhado do vereador Alex Dentinho, do ex-deputado Sérgio Reis e do assessor de comunicação do Lagarto FC, Márcio Lima, ele visitou o Barretão e se mostrou divido diante do que viu.

Deputado tomou conhecimento de toda a situação da obra

“Não quero de forma nenhuma dar nenhuma previsão, mas o nosso desejo e o desejo do governador é que essa obra fosse concluída até janeiro, meados de janeiro ou no final de janeiro, não sei. Não posso dar nenhum tipo de previsão, mas confesso que fiquei muito dividido: feliz por um lado e triste por outro, porque queria que essa obra já estivesse com mais celeridade. Mas é normal. Infelizmente, a coisa pública tem dessas coisas e eu fiz um relatório que vou levar ao conhecimento do órgão fiscalizador do governo do Estado, que é a CEHOP, e até o próprio governador, para ver o que realmente tem de pendência para que a empresa possa realmente dar celeridade”, disse o deputado em entrevista ao Portal Lagartense.

Mestre de obras informou da restauração de alguns itens cruciais para as pilastras

Apesar do misto de sentimentos, Fábio Reis se disse feliz com os avanços que o futuro reformado Estádio Paulo Barreto de Menezes proporcionará. “É que as novas construções e as reformas, a exemplo do posto policial novo, a drenagem, que não existia no campo e agora terá a sua drenagem; são banheiros maiores tanto masculinos quanto femininos; a acessibilidade para os cadeirantes, que agora têm espaço para subir nas arquibancadas; além dos novos bares e lanchonetes e de toda a arquibancada que está sendo reforçada. Enfim, realmente deu uma boa adiantada, mas eu esperava e queria mais”, comentou Reis.

Em relação a qualidade do futuro Barretão, Fábio destacou que “Tenho certeza que depois do Batistão, o nosso [Estádio] Paulo Barreto sem dúvida nenhuma poderá receber aqui qualquer time para jogar. Não temos uma arquibancada muito grande, mas o campo será perfeito, tudo dentro do padrão CBF”.

Comitiva que acompanhou o deputado federal Fábio Reis

2 COMENTÁRIOS

  1. ESSES CABRAS NUNCA TRABALHARAM, VIVEM DE POLITICA, PASSANDO POR TODAS AS GERACOES.
    LAGARTO ESTA SEM ESTADIO DE FUTEBOL A MAIS DE QUATRO ANOS, E VAI COMPLETAR CINCO,POIS
    NAO VAI FICAR PRONTO ESTE ANO, TREIS PESSOAS TRABALHANDO.
    SO QUEREM SE PROMOVER, TUDO CARA DE PAU!!!!!!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here