Pelo segundo ano consecutivo, a Colônia Treze foi sede do Dia de Cooperar, ou Dia C, com a Cooperativa de Eletrificação e Desenvolvimento Rural Centro Sul de Sergipe (Cercos) como anfitriã.  No estado, esta é a quinta edição do evento, que aconteceu no último sábado,  30, e que teve início há 10 anos em Minas Gerais.

Serviços voluntários foram prestados à comunidade.

Durante a celebração, foram oferecidos diversos serviços gratuitos como manicure e pedicure, corte de cabelo, orientações jurídicas, cadastro ao Programa Bolsa Família e Renda Cidadão, aferição de pressão arterial e teste de glicemia, vacinação contra tríplice viral, distribuição de mudas, orientações sobre higiene bucal, entre outros. Todas as ações foram oferecidas de forma voluntária por parceiros como cooperativas e empresas privadas.

Receptividade

O presidente do Serviço Nacional de Aprendizagem do Cooperativismo no Estado de Sergipe (Sescope/SE), João Teles, conta que nos três primeiros anos, o Dia C costumava ser realizado na capital, algo que mudou nas duas últimas edições.

“Em Aracaju, tínhamos uma boa aceitação, mas percebemos no ano passado que aqui tivemos um dia maravilhoso em que conseguimos envolver muito mais gente preocupada em se atualizar em relação a saúde e diversos outros serviços disponibilizados por nossos parceiros, sendo todas essas ações muito importantes”, destaca Teles.

Presidente da Sescope destaca o poder das atitudes simples.

O presidente da Sescope explica ainda que existem sete princípios no sistemas cooperativista, e um deles aborda o interesse pela comunidade na qual a cooperativa está inserida, como é o caso da Cercos na Colônia Treze. “Então, como temos que ter essa preocupação, trazemos todo ano esse evento para, com o apoio das cooperativas, a gente trazer a comunidade pra perto, realizando ações sociais para que atitudes simples possam mudar as pessoas”.

Retorno para a sociedade

A gerente de recursos humanos da Cercos, Lidiane Oliveira, explica que o Dia de Cooperar é um momento em que as cooperativas se reúnem para mostrar as ações sociais que desempenham e expor para a sociedade a força do cooperativismo.

Cercos foi a anfitriã do evento pela segunda vez consecutiva e trouxe orientações sobre o descarte consciente de lâmpadas.

Em seu estande, a Cercos trouxe um projeto de consumo e descarte consciente de lâmpadas, e os interessados em visitar o espaço poderiam ganhar uma lâmpada led em troca de cada lâmpada incandescente funcionando ou queimada que levasse para trocar.

Além dos serviços voluntários, também houve apresentação musical, de dança, aula de zumba ao ar livre e homenagens aos parceiros do cooperativismo no estado.

Este slideshow necessita de JavaScript.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here