Depois de sete dias, o Sindicato dos Trabalhadores em Educação Básica da Rede Oficial do Estado de Sergipe (SINTESE) encerrou a greve deflagrada em resposta aos projetos do Governo do Estado, que versavam sobre o triênio, as gratificações e a carreira do magistério sergipano.

“Os professores e professoras conseguiram manter o direto ao triênio; o direito as incorporações das gratificações para aposentadoria e o direito a redução de ¼ da carga horária aos 20 anos de trabalho”, comemorou o sindicato ao anunciar o fim da greve.

Ivonete Cruz agradeceu a todos os professores em discurso na frente da Alese

Apesar do fim da greve, o SINTESE anunciou que “A luta agora segue para manter a redução de 1/5 da carga horária, aos 15 anos de carreira para todos e todas que estão na ativa”. Entretanto, a medida não impedirá os professores de retornarem as salas de aula para encerrarem o ano letivo, conforme informou Ivonete Cruz, presidente do SINTESE.

“Vamos desocupar a Assembleia Legislativa, encerramos a nossa greve, voltamos para a sala de aula para finalizar o ano letivo, mas ficaremos permanentemente vigilância. Ficaremos em vigilía na Assembleia Legislativa, vamos encher aquelas galerias e vamos conquistar todas as nossas pautas, nenhum direito nos será retirado”, afirma a professora Ivonete Cruz.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here