Com o objetivo de lançar mão de estratégias que culminem no desenvolvimento das crianças sergipanas, a vice-governadora Eliane Aquino esteve em reunião nesta quarta-feira, 04, com a especialista em saúde do Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef) Tati Andrade. Acompanhou o encontro a coordenadora estadual do Selo Unicef e membro do Centro Dom José Brandão de Castro, Joilda Aquino. As secretarias da Saúde, da Assistência, Inclusão e Trabalho também estavam representadas.

Reunião teve objetivo de lançar mão de estratégias que culminem no desenvolvimento das crianças sergipanas.

De acordo com Eliane Aquino, a presença do Unicef é fundamental para um trabalho relevante a respeito do tema. “O Unicef sempre teve uma atuação muito forte no estado de Sergipe, seja através do Selo Unicef e tantas outras iniciativas. O que queremos neste momento é estruturar a política da infância – possuímos dados que falam sobre como o assunto deve estar entre as maiores prioridades das gestões. Queremos fortalecer a base de políticas públicas nesta fase para que se tornem jovens e adultos melhor desenvolvidos. Ter o Unicef novamente conosco é uma certificação do intuito do Governo do Estado em atuar de forma muito séria nessa área”, pontou.

Eliane Aquino esteve em reunião na última quarta-feira, 04, com a especialista em saúde do Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef) Tati Andrade.

“Uma de nossas prioridades são os primeiros seis anos de vida, mais especificamente os primeiros mil dias, que são os mais importantes para o desenvolvimento do ser humano. Então, é muito importante ver o Estado comprometido com o tema da infância. Nós temos uma excelente legislação no Brasil, que coloca a criança e o adolescente como prioridades, mas esta priorização precisa acontecer na prática. Por isso, ver o governo de Sergipe com o desejo de olhar em específico para a infância, com o apoio dos municípios e da sociedade civil é um bom exemplo inclusive para outros estados”, explica Tati Andrade, representante do Unicef.  

”É muito importante ver o Estado comprometido com o tema da infância”, afirma a especialista em saúde do Unicef, Tati Andrade.

Rosane Cunha é tecnica da área da infância da Seit e acredita a parceria com o Unicef é primordial para o desenvolvimento das ações. “Estamos construindo um pacto sergipano pela infância e tê-los como parceiros na construção desta proposta é importantíssimo para que possamos executar as nossas ações dando ênfase ao que o pacto quer propor, que é justamente o fortalecimento da intersetorialidade, para que possamos promover e desenvolver as políticas já existentes na área da infância”.

“Estamos construindo um pacto sergipano pela infância”, disse Rosane Cunha, tecnica da área da infância da Seit.

Fonte: ASN

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here