Esse fenômeno fashion está sempre em alta. Quem nunca teve uma calça jeans? A peça está no guarda-roupas de praticamente todo mundo e de todas as idades, da periferia à classe alta, em shoppings e em barracas de vendedores ambulantes.

Não precisa andar muito para encontrar uma que combine com seu estilo. Hoje, o tecido robusto de origem francesa é usado não somente em cortes de roupa, mas em bolsas, sapatos, móveis, acessórios para casa e até aonde sua criatividade chegar.

Por volta de 1792, em Nimes, na França, o tecido batizado com o nome da cidade foi confeccionado para ser resistente e de alta durabilidade para trabalhadores do campo e marinheiros.

Sua popularidade começou em 1853, quando Oscar Levi Strauss levou o tecido para os Estados Unidos, a fim de atender a demanda de uniformes dos mineradores, criando uma peça confortável e durável. Ainda nesse momento, a calça tinha um tom marrom, o azul que conhecemos hoje só surgiu em 1890.

A chegada à América

O denim — termo derivado do nome da cidade de Nimes — caiu no gosto do povo, e, por volta dos anos 30, época em que a calça jeans começou a aparecer em filmes de faroeste americano, passou a ser desejo de consumo. 

Das celebridades hollywoodianas à classe trabalhadora, o jeans era a peça queridinha da vez. A primeira mudança então, aconteceu em seu corte. A versão boca de sino — aquela com as barras largas —, ficou conhecida por conta do Festival de Woodstock e de todo o movimento hippie.

A cada novo grupo social que surgia, uma nova forma de usar o denim surgia. Os movimentos punk e pós-punk trouxeram a versão rasgada. Nos anos 80, o visual diferentão da época fez a peça surgir mais despojada e com a cintura mais alta, a conhecidamom jeans, que é trend nos dias atuais. Nos anos 2000, houve o “boom” da cintura baixíssima, consagrada pelos artistas pop. 

De 2010 até agora, a skinny se tornou bastante popular e parece que não vai sair de seu posto tão cedo. O modelo de cintura média, afunilado dos joelhos para baixo e feito para mostrar o tornozelo, valoriza as curvas do corpo e o calçado nos pés. 

Jeans: tendência de séculos

Na Semana de Moda em Nova York, grifes como Michael Kors, Brandon Maxwell, Prada e Christian Siriano mostram peças lindíssimas utilizando o material. O destaque fica por conta da alfaiataria: saias bem estruturadas, blazers e arremates com couro, pedras e botões metalizados, dão contraste à peça.

Para a próxima estação, as lojas já se abasteceram com muita variedade de cortes, modelagens e estilos utilizando o tecido francês. O destaque fica para as peças únicas: vestidos, macacões, macaquinhos e jardineiras. E está tudo bem combinar jeans com jeans, mesmo sendo de tons parecidos, pois a casualidade da peça permite tudo isso e muito mais.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here