Depois de figurar entre os municípios com mais ideias inovadoras inscritas no Projeto  Nacional de Apoio à Geração de Empreendimentos Inovadores (Centelha) e de apenas três dessas avançarem para a grande final, Lagarto não teve nenhum  de seus projetos aprovados. 

No resultado final divulgado pela Fundação de Apoio à Pesquisa e à Inovação Tecnológica do Estado de Sergipe (FAPITEC), Aracaju monopolizou a lista de 23 projetos aprovados, com exceção de apenas um projeto de São Cristóvão que também apareceu entre os planos apoiados. 

Apesar de nenhuma aprovação, dois projetos de Lagarto ficaram entre os suplentes:  Rogéria Pereira Souza ficou na 38° posição com o projeto ‘Traqueotubo Canulado Para Administração De Fármacos Emergenciais’; e Paulo Henrique Santos Andrade, que ficou na 46° colocação com o projeto de ‘Desenvolvimento de suporte ao manejo de reação adversa a medicamento’. 

As ideias inovadoras concorreram a R$ 53 mil, sendo que para contratação elas estarão sujeitos a alterações orçamentários, quando necessário. Confira a lista dos projetos aprovados

Programa Centelha

O Programa Centelha visa estimular a criação de empreendimentos inovadores e disseminar a cultura empreendedora no Brasil. O programa irá oferecer capacitações, recursos financeiros e suporte para transformar ideias em negócios de sucesso.

A iniciativa é promovida pelo Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC) e pela Financiadora de Estudos e Projetos (Finep), em parceria com o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) e o Conselho Nacional das Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa (Confap), e operada pela Fundação CERTI.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here