Entre esta terça-feira, 21, e a próxima sexta-feira, 24, o Sistema de Seleção Unificada (Sisu) estará com o período de inscrições abertas para 237 mil vagas em 128 instituições públicas de ensino superior.

Em Lagarto, as vagas estão restritas ao campus do Instituto Federal de Sergipe (IFS). Uma vez que o campus local da Universidade Federal de Sergipe (UFS) terá a sua própria seleção, sendo o edital previsto para ser divulgado nos próximos dias.

No entanto, para participar do Sisu, é preciso ter feito o Enem 2019 e ter tirado nota acima de zero na prova de redação. Já na hora da inscrição no processo seletivo é preciso informar o número de inscrição do Enem e a senha atual cadastrada na Página do Participante.

O momento é esperado por muitos e temido por outros tantos jovens brasileiros que anseiam por uma vaga no ensino superior. Diante disso, o Portal Lagartense entrevistou o conceituado professor Moacir Poconé, o qual destacou que o momento exige uma decisão bem pensada e acompanhada.

Poconé é professor de português e redação na rede privada de ensino, além de dirigir o Mega Curso

“Esse é um momento em que os vestibulandos poderão disputar uma vaga em várias universidades do país, mas nem sempre a nota obtida no Enem permite essa conquista. Então é preciso que ele decida o que é que importa: se é o curso que ele deseja ou se o mais importante é passar de qualquer jeito e em qualquer coisa”, diz.

Poconé ainda destacou que, embora muitos vestibulandos queiram uma graduação em seu município, as instituições públicas de ensino superior de fora da sua localidade figuram como boas portas de acesso à graduação. No entanto, “o vestibulando deve observar o fato de que não conseguir o curso desejado agora não o impede de fazer o Enem novamente”.

Neste sentido, Poconé salientou que a figura dos pais e responsáveis são de extrema importância. “É preciso que os pais estejam acompanhando esse processo e deem todo o apoio necessário, porque estamos falando de jovens que têm toda uma vida pela frente e que não têm somente este ano para resolverem as suas vidas. Então os pais devem dar o apoio e a orientação necessária sobre qual a melhor decisão a ser tomada”, argumenta.

Poconé: “Os pais devem dar o apoio e a orientação necessária sobre qual a melhor decisão a ser tomada.”

No dia 28 de janeiro será divulgado o resultado da seleção e os estudantes que forem aprovados deverão fazer a matrícula nas instituições de ensino entre 29 de janeiro e 4 de fevereiro. Já aqueles que não forem selecionados poderão ainda participar da lista de espera. O prazo para se candidatar é de 29 de janeiro a 4 de fevereiro. Os candidatos em lista de espera serão convocados pelas próprias instituições de ensino, entre 7 de fevereiro e 30 de abril.

Além disso, com a nota do Enem e fora do Sisu, os vestibulandos ainda podem concorrer a bolsas de estudo pelo Programa Universidade para Todos (ProUni). As inscrições poderão ser feitas de 28 a 31 de janeiro. Eles também podem se inscrever no Programa de Financiamento Estudantil (Fies), de 5 a 12 de fevereiro. Sem contar que os estudantes  ainda podem ainda usar as notas para cursar o ensino superior em Portugal, já que o Inep tem convênio com mais de 40 instituições portuguesas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here