Na última quarta-feira, 22, o Ministério Público do Estado de Sergipe (MPSE) realizou uma audiência com os secretários municipais de Lagarto Márcio Vinicius (Obras) e Adriel Alcântara (Planejamento), e Rodrigo Macedo (Procuradoria), para discutir a execução de obras pela Codevasf e pelo Governo do Estado no município.

Audiência foi realizada no Fórum Des. Epaminondas Silva de Andrade Lima, em Lagarto

Segundo informações, a audiência foi convocada após o deputado federal lagartense Fábio Reis (MDB), coordenador da bancada sergipana em Brasília, realizar um apelo ao MP/SE para que este viabilizasse a execução de algumas obras conquistas com recursos oriundos de emendas parlamentares de sua autoria, que somam um total de R$ 11 milhões.

Segundo Fábio, a Prefeitura de Lagarto estaria impossibilitando a realização de tais obras somente porque se tratava de conquistas dele, que faz oposição a atual gestão. No entanto, após a audiência com o Ministério Público, a gestão municipal emitiu uma nota informativa.

Nela, a Prefeitura destaca que “o objetivo do encontro foi avaliar as obras que serão realizadas pela Codevasf em parceria com a Prefeitura de Lagarto”, e que “nos últimos meses, várias autorizações de uso de solo foram dadas pela Prefeitura de Lagarto para obras que já estão em andamento”.

Além disso, a gestão municipal destacou que, na última segunda-feira, 20, a prefeita Hilda Ribeiro, técnicos da prefeitura e o superintendente da Codevasf estiveram reunidos para discutir diversas obras e já foi anunciado o calçamento de 3 ruas no povoado Açuzinho.

“A Prefeitura de Lagarto reafirma o compromisso com todos os serviços públicos e obras realizadas no município. Além disso, garante que todos os valores recebidos através de emendas serão revertidos para o bem estar da população”, encerra a nota.

 

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here