Milhares de pessoas estão com pedidos de benefício previdenciário pendentes em Sergipe. O número chega a 14,4 mil, sendo que o maior tempo de espera é entre aqueles que recebem o benefício dado à pessoas com deficiência. São 5.630 usuários na lista. Os dados são do próprio Instituto Nacional do Seguro Social (INSS). 

O prazo de 45 dias é apenas o período para que o INSS comece a pagar os usuários que deram entrada na solicitação. O atraso ocorre, geralmente, por conta de problemas no sistema de análise da previdência. 

Entretanto, até a semana passada, mais de 2 milhões de pessoas em todo o país continuaram na fila de espera após esse prazo. Desse total 1,5 milhão ainda não receberam o benefício por conta de falha no sistema. 

Uma medida anunciada pelo governo federal para tentar amenizar o problema será a convocação de militares da reserva para ajudarem no atendimento do órgão. Mas, segundo o próprio Poder Executivo Nacional, a situação só deve se normalizar em setembro. 

Apesar disso, os decretos ainda não foram publicados, pois o governo federal afirma que eles ainda estão sendo preparados, inclusive o que trata da contratação de sete mil militares da reserva que será feita pelo Ministério da Defesa. 

O Ministério Público Federal ação civil pública contra a União e o INSS determinando a contratação temporária, em até 45 dias, de funcionários em número suficiente para atender demandas acumuladas há mais de dois meses. Além disso, pediu que fosse realizado concurso para provimento de cargos efetivos vagos e que o INSS informe mensalmente o tempo de análise dos pedidos recebidos. 

Com informações do G1 Sergipe

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here