Segundo o Governo de Sergipe, responsável pelas obras de revitalização do Estádio Estadual Paulo Barreto de Menezes, o popular Barretão – casa do Lagarto Futebol Clube e principal estádio da região centro-sul -, apenas 40% da reforma da praça esportiva está concluída. 

Vale destacar, no entanto, que em novembro do ano passado, o Portal Lagartense divulgou uma matéria em que o mestre da obra, José Martins Costa, havia declarado que até aquele momento, cerca de 50% da revitalização tinha sido executada

Previsão praticamente confirma a impossibilidade da partida entre Lagarto e Volta Redonda pela Copa do Brasil acontecer no Barretão.

A obra, que recebe investimento de R$ 3.555.224,00, provenientes de Recursos Federais, através de emenda parlamentar do Deputado Federal, Fábio Reis, é classificada pelo Governo do Estado como a principal reforma do estádio desde a sua fundação em 1971. 

A revitalização consiste na implantação de um novo gramado com moderno sistema de drenagem e irrigação,  implantação de cabeamento estruturado em todas as cabines, novas instalações elétricas e hidro-sanitárias, revisão estrutural das arquibancadas, coberturas e esquadrias, climatização das cabines, instalação de novas louças e metais sanitários, instalação de iluminações específicas (refletores), implantação de novo Sistema de Proteção Contra Descargas Atmosféricas (SPDA) e de incêndios, implantação de acessibilidade em toda a área, recuperação e pintura de todo o alambrado, além de pintura nos muros, muretas e portões e pintura geral, correspondente a 1.977,59 m² da área construída. 

Reparos estão sendo feitos em diversos setores do estádio, inclusive nas arquibancadas.

Segundo o engenheiro fiscal da obra, Marcos Pinheiros, a tendência a partir de agora é que o processo de revitalização ocorra mais rapidamente. 

Engenheiro fiscal da obra afirma que as obras devem acelerar a partir de agora.

“No que se refere a ampliação (196,31m²), já construímos o setor médico, o posto policial, os quatro sanitários para pessoas com dificuldade de locomoção, três escadas de acesso em cada uma das duas arquibancadas e a casa de lixo, além de já termos aplicado revestimento cerâmico e instalado caixas d’água em todos os banheiros, revestimento cerâmico e forro em PVC nas cabines de imprensa e lanchonetes e aplicação do piso de alta resistência em quase todo o estádio”, explica.

Enquanto isso, por conta das obras, o verdão vem mandando seus jogos da primeira fase do Sergipão 2020 no Estádio Albano Franco, em Simão Dias. Vale ressaltar que a equipe do Lagarto enfrenta o Volta Redonda-RJ pela Copa do Brasil no dia 13 de fevereiro, às 15h30 e, segundo a CBF, a partida estaria marcada para acontecer no Barretão. 

Confira abaixo como está o andamento das obras: 

2 COMENTÁRIOS

  1. É uma vergonha a demora dessa obra, mostra a incompetência e inoperância do governo de Belivaldo Chagas.
    Tomara que até o final de 2022 consigam finalizar a tal reforma, parabéns Belivaldo e Fábio Reis.

  2. VERGONHA!!!!!! FALTA LEIS NESTE PAIS DE POLITICOS PODRES, QUE SO OLHAM PARA O SEU NARIZ,NA0

    EXITE FISCALIZACAO E ELES FAZEM O QUE QUEREM COM O DINHEIRO PUBLICO, MAS DE CINCO ANOS DE ENROLACAO, ATE PARECE QUE ESTAO FAZENDO FAVOR.

    VERGONHA!!!!!!!!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here