Uma das preocupações de todo casal que está esperando um filho é como será o quarto do bebê. E, ao contrário do que se pode imaginar, a decoração não precisa ser cara para que o ambiente seja bonito e acolhedor.

É possível organizar um quarto de bebê gastando pouco, basta usar um pouco de criatividade e optar por móveis econômicos e versáteis, por exemplo.

Dessa forma, na tão esperada chegada do neném, não haverá espaço para preocupações com o quarto, já que ele estará prontinho para recebê-lo.

Olhar geral do quarto

Antes de mais nada, é preciso dar uma boa olhada no espaço reservado para o quarto do bebê. Verifique quantos metros quadrados ele tem, se as paredes estão devidamente limpas e sem infiltrações, se o piso está em bom estado ou se precisa ser trocado e se o teto está limpo.

Essa primeira verificação é necessária para saber se o espaço precisa ou não de uma reforma. Até porque o pequeno vai precisar de um lugar limpo, arejado e devidamente iluminado quando chegar em casa.

Se está tudo em ordem, a decoração é o próximo passo. Depois de ter uma ideia da dimensão do quarto é que vai se iniciar a fase de organização dos móveis. Quem já tem o berço e a cômoda disponíveis deve colocar as peças na área e verificar a melhor disposição dos móveis.

Mobília para o quarto do bebê

Quem ainda vai comprar os móveis deve levar consigo as dimensões do quarto na hora da compra, para saber quanto de espaço terá disponível. Uma dica para quem deseja economizar é procurar móveis de segunda mão ou ainda reutilizar peças usadas por irmãos mais velhos ou primos.

Outra dica é procurar por móveis mais versáteis, como berços que viram camas, dando assim uma maior utilidade à mobília.

Lembre-se que existem três móveis indispensáveis para o quarto de todo bebê. São eles: o berço, a cadeira de amamentação e a cômoda. Eles são indispensáveis, já que vão dar mais conforto e comodidade tanto para o filho quanto para seus pais.

Decoração barata com uma pitada de criatividade

Há diferentes formas de deixar a decoração do quarto do bebê mais acessível para o seu bolso. E o mais legal é que a maior parte dessas soluções envolve o uso de criatividade. Para isso, vale a pena tentar visualizar o quarto antes de sair decorando de qualquer jeito.

A cartela de cores precisa ser algo decidido previamente, independentemente do quarto ter ou não um tema. Uma dica é misturar tons neutros e claros, como o branco, o cinza, o amarelo pastel, o rosa-claro e o azul-bebê, com cores mais fortes nos detalhes da decoração.

Pintura diferenciada em uma única parede

Uma ideia bacana é pintar uma única parede com uma cor um pouco mais forte e deixar o restante do quarto com um tom mais neutro.

É possível, ainda, fazer uma parede única com pintura decorativa, usando, por exemplo, formatos triangulares ou circulares.

Aplicação de adesivos e papel-contact

Quem procura gastar menos, pode optar pelo uso de adesivos de parede e papel-contact. Com eles, é possível criar todo um ambiente aconchegante e divertido, de acordo com seu gosto.

Dá pra você colar estrelas coloridas ou nuvens, de forma a deixar o ambiente parecido com o céu. Ou ainda fazer colagens com bichinhos, como girafa, tigre, elefante e leão, e transformar o quarto em um pequeno safári.

Quem deseja um ambiente mais neutro pode usar adesivos também. É possível fazer uma colagem com papel-contact com estampa de listras ou de poá, dando uma diferenciada no ambiente.

Use papel de parede

O papel de parede é outra alternativa super interessante para quem deseja mudar o visual do quarto. O mais legal é que você pode recobrir todas as paredes ou somente parte delas, de acordo com seu gosto.

Para não gastar tanto, é possível investir em um barrado de papel de parede para cobrir somente uma faixa horizontal do quarto. Os estampados vão dar um toque todo especial ao ambiente, como os em formato de bailarina, bola, bichinhos e estrelas.

Objetos decorativos

O uso de alguns objetos no quarto dá um charme todo especial ao ambiente. É o caso de um abajur ou luminária infantil, bem como os móbiles, que vão dar um toque charmoso à decoração do espaço.

Invista em opções artesanais ou ainda, se tiver habilidade, crie ou incremente esses objetos usando costura ou pintura de tecidos. Para um quarto que não tem muitas cores, por exemplo, um tapete colorido ou uma cortina com estampa infantil dá uma cara nova ao ambiente.

Dessa forma, você consegue um quarto muito mais aconchegante e fofo para o seu bebê, sem ter que gastar muito com isso.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here