Após a Federação Sergipana de Futebol (FSF) suspender o Campeonato Sergipano 2020 por tempo indeterminado, em razão da pandemia do novo coronavírus, o time do Sergipe anunciou na última sexta-feira, 20, que vai encerrar todos os contratos dos jogadores. 

Segundo o presidente do clube, Ernan Sena, a decisão foi tomada por questões financeiras, já que o estadual é o único campeonato no calendário do Gipão – que não está participando de competições nacionais -, e o dinheiro era arrecadado basicamente com a bilheteria e o programa sócio-torcedor. 

Mesmo com a decisão, o presidente afirma que o clube não está desistindo da competição, pois, o acordo foi realizado entre os dirigentes e profissionais do time de maneira extrajudicial e o Sergipe tem o prazo de 30 dias para dar entrada nas rescisões contratuais na CBF. Entretanto, se a paralisação do estadual persistir para além desse prazo, as chances da equipe não poder continuar disputando a competição são grandes. 

Vale lembrar que o Sergipe se classificou para o quadrangular final do estadual com a segunda melhor campanha da primeira fase, com cinco vitórias, um empate e apenas uma derrota, ficando atrás apenas do Confiança que conquistou cinco vitórias e dois empates. 

A dispensa vale apenas para os jogadores e não se estende para comissão técnica e demais funcionários do clube. Ao todo, foram dispensados 23 atletas. São eles:

Goleiros: Marcão, Orlando e Wallace
Laterais: Paulo Fernando, Maykon, Magalhães, Pedro
Zagueiros: Renato Camilo, Dedé, Hícaro
Volantes: Ewerton Ageu, Recife, Jhonnattan, Pedro Acorsi
Meias: Igor Alves, Hiltinho, Rafael Marcos, Bruno Nascimento, Maxsuel
Atacantes: Anselmo, Cléber, Pedrinho, Abner, Bebel.

Com informações do globoesporte.com

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here