Na manhã desta sexta-feira, 27, a Guarda Municipal de Lagarto (GML) efetuou a prisão de um indivíduo por comercializar álcool em gel falsificado. A prisão ocorreu no povoado Jenipapo, na zona rural de Lagarto, e contou com o apoio da Vigilância Sanitária.

Segundo a GML, a suspeita é que o indivíduo tenha produzido e comercializado o produto. Uma vez que, em sua residência, foram apreendidos diversas embalagens de gel fixador de cabelo, de água boricada, álcool A54, embalagens plásticas vazias além de garrafas com produto análogo ao álcool em gel.

A GML ainda destacou que as investigações iniciaram quando denúncias anônimas feitas junto à Vigilância Sanitária indicavam que o mesmo comercializava o álcool falsificado nos estabelecimentos da região. 

“Após a prisão, o suspeito confessou ter fabricado o produto falso, mas negou a comercialização. Disse apenas que tinha fabricado para uso pessoal e doado para familiares e alguns amigos”, relatou a GML que encaminhou o caso para a Delegacia Regional de Lagarto.

“A orientação da Guarda Municipal e da Vigilância Sanitária é que não comprem ou usem álcool em gel de procedência duvidosa e sem licença da autoridade sanitária competente”, orientou a GML.

Leia também: Perito criminal faz alerta sobre uso do álcool em gel falsificado

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here