Nesta segunda-feira, 6, começa o período de justificativa de ausência do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem 2019) e de solicitação da isenção da taxa de inscrição do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem 2020) pela web. O período começa a partir das 10 horas e vão até às 23h59 do dia 17 de abril, por meio da Página do Participante (https://enem.inep.gov.br/participante/#!/) ou aplicativos nas lojas virtuais.

Isenção pode ser solicitada até às 23h59 do dia 17 de abril.

Os candidatos que solicitaram a isenção da taxa de inscrição do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem 2019) e não compareceram nos dois dias de provas deverão anexar algum documento oficial, que justifique a sua ausência no Enem, expressando um motivo justo, a exemplo de assalto/furto, acidente de trânsito, morte de um membro da família, doença; declaração da empresa com CNPJ, atividade acadêmica e similares.

Requisitos para solicitar a isenção da taxa de inscrição do Enem:

Está isento o candidato que estiver cursando a última série do ensino médio em 2020 (censo escolar), em rede pública de ensino; aquele que cursou todo o ensino médio em escola da rede pública ou como bolsista integral na rede privada, além de ter renda, por pessoa, igual ou menor que um salário mínimo e meio; ou que está em situação de vulnerabilidade socioeconômica por ser membro de família de baixa renda, devendo informar o Número de Identificação Social (NIS) – bolsa família. 

Calendário Enem

O período de inscrição para o Enem 2020 será de 11 a 22 de maio, no Sistema Enem. O acesso pode ser feito por meio da Página do Participante ou do Aplicativo Enem. O participante que optar por fazer o Enem 2020 impresso não poderá se inscrever na edição digital e, após concluir o processo, não poderá alterar sua opção.

Neste ano, será obrigatória a inclusão de foto atual do participante no sistema de inscrição, que deverá ser utilizada para procedimento de identificação no momento da prova. O valor da taxa de inscrição permanece o mesmo da edição de 2019: R$ 85,00, e o pagamento deverá ser efetuado até 28 de maio, por meio de Guia de Recolhimento da União (GRU).

A estrutura do exame não foi alterada, e será mantida a aplicação de quatro provas objetivas, constituídas de 45 questões cada, e uma redação em língua portuguesa. Durante o processo de inscrição, o participante deverá selecionar uma opção de língua estrangeira (inglês ou espanhol).

Acessibilidade

A Política de Acessibilidade e Inclusão do Inep garantirá atendimento especializado aos participantes que necessitarem. Para facilitar a compreensão dos participantes, os atendimentos específicos (gestantes, lactantes, idosos e estudantes em classe hospitalar) foram incluídos na denominação “especializado”. As solicitações para esses atendimentos deverão ser feitas entre 11 e 22 de maio, no Sistema Enem. Os resultados serão divulgados em 29 de maio. Para os pedidos que forem negados, está prevista uma fase para apresentação de recursos. O resultado final estará disponível no dia 10 de junho.

Os pedidos de tratamento por nome social serão feitos entre 25 e 29 de maio pelo mesmo sistema, e a divulgação dos resultados está prevista para o dia 5 de junho. O período para apresentação de recursos será entre 8 e 12 de junho, e a disponibilização dos resultados finais, em 18 de junho.

Provas

Os participantes que optarem por realizar a versão digital do exame farão as provas nos dias 11 e 18 de outubro. O Enem 2020 impresso será aplicado em 1º e 8 de novembro. 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here