Com o objetivo de tratar os pacientes que testaram positivo para o novo coronavírus (Covid-19), a Secretaria de Estado da Saúde (SES) repassou uma cota de comprimidos de cloroquina ao Hospital Universitário de Lagarto. O medicamento foi enviado pelo Ministério da Saúde.

Além do HU de Lagarto, também receberam o medicamento os Hospitais  de Urgência de Sergipe (Huse), Cirurgia, Universitário de Sergipe, Regional de Itabaiana, Regional de Estância e Zona Sul de Aracaju, bem como para os Hospitais Primavera, Renascença e Unimed. 

De acordo com a SES, em Sergipe já foram distribuídos  2.080 comprimidos de cloroquina para o tratamento de pacientes graves infectados pelo novo coronavírus. Deste total, 1.500 unidades foram destinados para a rede hospitalar pública e 580 para a privada. Como requisito básico para recebê-los, todas os hospitais deveriam ter uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI).

A SES ainda destacou que os comprimidos vão garantir 104 tratamentos e que, como não há previsão para a chegada de uma nova remessa, o Governo do Estado de Sergipe fará a aquisição de mais lotes de cloroquina, para assegurar o abastecimento das unidades públicas de saúde.

É importante destacar que a cloroquina não possui nenhuma comprovação científica da sua eficácia no tratamento ao Covid-19. Entretanto, o medicamento está sendo usado como uma terapia adjuvante no tratamento de formas graves da doença, e ministrado de acordo com o protocolo estabelecido pelo Ministério da Saúde, que prevê a utilização de 18 comprimidos por tratamento.

O HU de Lagarto é uma das referências estaduais no acolhimento aos pacientes com a Covid-19

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here