O suspeito confessou o crime, mas atribuiu a culpa as crianças (Foto: Polícia Civil)
O suspeito confessou o crime, mas atribuiu a culpa as crianças (Foto: Polícia Civil)

Na tarde desta terça-feira, 07, o Delegado de Polícia e um policial civil de Frei Paulo prenderam um lavrador de 44 anos de idade, quando este chegou em sua residência, por ter estuprado as sobrinhas de apenas 06 e 10 anos de idade.

O fato ocorreu na casa das crianças na ausência da mãe e num milharal próximo a residência, numa localidade conhecida como Açude do Buriu na saída da cidade de Frei Paulo/SE.

Conforme o Delegado Leógenes Corrêa, as investigações iniciaram a partir da informação do Conselho Tutelar que foi procurado pela mãe das crianças que estava suspeitando do comportamento do irmão em relação as filhas. “Após algumas diligências e com o resultado do exame pericial feito no IML, peticionamos pedindo a prisão preventiva dele, e o novo Juiz da Comarca, Dr. Carlos Rodrigo, acompanhando o nosso entendimento jurídico decretou de imediato a prisão.”, diz o delegado

Em seu interrogatório o investigado de forma fria, confessou o crime em detalhes, contudo, tentou atribuir a culpa às crianças indefesas.

Por Infonet, fonte: Polícia Civil

1 COMENTÁRIO

  1. Isso é um delinquente da pior espécie!
    Como se não bastasse toda a atrocidade realizada, ainda atribui a culpa de seus atos às crianças.
    Poucos casos eu seria a favor de pena de morte, esse, no caso, seria um.
    O cara é acusado pela polícia, conselho tutelar, judiciário e, ainda, confessou o crime. Ou seja, a chance de injustiça numa condenação de pena de morte aí seria quase nula. Portanto, guilhotina nele!!!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here