Na noite da última segunda-feira, 1º, a prefeita de Lagarto, Hilda Ribeiro (SD), confirmou – na Live do Prefeitinho – que está curada do novo coronavírus (covid-19). “Estou muito feliz também, porque estou junto de toda a minha família, sendo que os meus filhos e meu marido testaram negativo”, comemorou a gestora.

A prefeita Hilda Ribeiro recebeu a informação de que está curada nesta segunda-feira, 01

A prefeita de Lagarto ainda informou que inicialmente não apresentou sintomas da covid-19. “No início, eu fui assintomática, mas a gente sempre sente alguma coisinha e fica sem querer acreditar. Ai fiz os exames e foi ai que começou [os sintomas]. Não sei se foi psicológico, mas apareceram dores no corpo e dores de cabeça”, lembrou.

Questionada sobre a reabertura do comércio em geral, que está proibido de funcionar há cerca de 70 dias, Hilda Ribeiro afirmou que está sendo montado um comitê com integrantes da Prefeitura de Lagarto, do Ministério Público, do Hospital Universitário de Lagarto, da Polícia Militar e da Câmara dos Dirigentes Lojistas (CDL) de Lagarto.

Nesse comitê, segundo a prefeita, serão apresentados e discutidos o plano de reabertura proposto pela CDL e o da gestão municipal de Lagarto. A ideia é que os órgãos reunidos definam a melhor maneira para garantir a retomada das atividades econômicas e a contenção da propagação do novo coronavírus.

Reabertura será balizada pela quantidade de leitos ocupados

Segundo a prefeita Hilda, somente pode haver uma flexibilização nas regras do funcionamento dos estabelecimentos nos municípios com menos de 50% dos seus leitos ocupados. No HU de Lagarto, a taxa já atingiu os 80%. “Então é muita preocupação com a vida das pessoas. E eu recebo mensagens dos próprios funcionários, que embora precisem dos seus salários e dos seus trabalhos, estão com medo de ir trabalhar e acabar levando o vírus para sua casa”, observou.

Por isso, a prefeita encerrou o assunto da reabertura do comércio lagartense informando que, assim como a possível diminuição dos dias de feira-livre, tudo será discutido no comitê mencionado acima. Entretanto, ela adiantou e garantiu que tudo ocorrerá de forma gradativa. “Talvez três dias na semana, com horários pré-estabelecidos e a limitação da quantidade de pessoas nas lojas”, analisou.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here