O lixão que fica localizado no Povoado Água Fria, município de Salgado, tem prejudicado a população que mora na região circunvizinha há bastante tempo. Devido aos danos causados ao ar atmosférico, ao solo e subsolo, ao lençol freático, aos rios e mananciais, à flora, à fauna e, principalmente, à saúde humana, além de atrair insetos, roedores, em 14 de fevereiro deste ano, a promotoria deferiu uma liminar para que o Município de Salgado promova a imediata interdição e desativação da lixeira, mas segundo denúncias da população, a prefeitura continua depositando o lixo no local e queimadas são realizadas constantemente.

Uma das moradoras do povoado relatou: “O lixão é muito próximo de nossas casas, durante as queimadas o vento traz toda a fumaça que tem provocado falta de ar em diversas crianças. Eu tenho dois filhos pequenos e estou muito preocupada com a saúde deles.”

Além da cessação completa da atividade nociva, foi imposto que a prefeitura também deveria fazer a recuperação integral da área degradada, e penalizada com uma multa diária de R$ 1.000,00 (um mil reais), caso não fosse executado a determinação judicial, num prazo preliminar de 06 (seis) meses.

A população pede ajuda aos órgãos fiscalizadores, para que a prefeitura possa estar cumprindo a determinação da promotoria e os cidadãos da região possam ter mais qualidade de vida.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here