Após uma reunião virtual com os dirigentes dos 40 clubes que compõem as séries A e B do Campeonato Brasileiro, a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) chegou a uma provável data de início da competição. 

De acordo com a entidade, o início da primeira divisão do campeonato nacional ocorreria no dia 9 de agosto (domingo), enquanto a segunda divisão seria iniciada um dia antes, em 8 de agosto.

“O retorno do futebol depende da autorização das autoridades de saúde. Mas, dezenove dos vinte clubes da Série A se dispuseram a jogar fora das suas cidades, em última instância, caso até lá seus municípios não estejam liberados pelas autoridades de saúde a realizar jogos. Foi um sinal de apoio à realização da competição pela CBF”, disse em nota a entidade. O único clube que votou contrário a possibilidade de jogar em outra cidade, caso as partidas ainda não estejam liberadas no seu município foi o Athlético Paranaense. 

Caso o campeonato realmente tenha início nas datas previstas, as primeiras partidas devem acontecer sem a presença dos torcedores e a competição deve se estender até fevereiro de 2021. 

Outras definição é que a Copa do Brasil também deve ter início na primeira quinzena de agosto. Com as duas competições acontecendo simultaneamente, o objetivo é que as equipes façam dois jogos por semana, com exceção das datas Fifa, que devem ser retomadas em setembro.

Choque com os estaduais 

O que pode vir a se tornar um problema é que o retorno das competições nacionais podem coincidir com as partidas dos campeonatos estaduais, já que em São Paulo, por exemplo, os clubes devem retomar os treinamentos na próxima quarta-feira, 1° de julho. 

No Rio Grande do Sul, os times também esperam um posicionamento da Federação Gaúcha de Futebol (FGF) sobre o retorno do campeonato estadual. 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here