Nesta sexta-feira, 03, a juíza da 12ª Zona Eleitoral de Lagarto, Caroline Valadares Bitencourt, suspendeu a divulgação de mais duas pesquisas eleitorais de intenções de voto para o cargo de prefeito de Lagarto. Elas seriam divulgadas na próxima segunda-feira, 06, pelo Instituto França e Disan Empreendimentos Ltda..

O impedimento partiu de um pedido de impugnação formulado pelo Partido Cidadania. Nele, a sigla argumenta que na pesquisa do Instituto França há falhas formais e perguntas tendenciosas, enquanto que no levantamento da Disan verificou-se a existência tão somente de falhas formais.

Os erros cometidos, segundo o Diretório Municipal do Cidadania, são os mesmos que levaram a magistrada a impugnar a divulgação de outras duas pesquisas, sendo uma do Instituto França e outra da Disan, em Lagarto, entre os dias 02 e 03 de julho. Relembre: Justiça Eleitoral suspende a divulgação de duas pesquisas para prefeito de Lagarto

Por isso, em seu despacho, a juíza eleitoral entendeu que as empresas descumpriram o artigo 33 da lei 9504/97. “DEFIRO O PLEITO LIMINAR, para determinar a suspensão da publicação da pesquisa ora impugnada, em todos os meios de comunicação, rádio, televisão, jornal, internet, redes sociais, aplicativos de mensagem, sob pena de multa de R$ 40 mil reais pelo descumprimento”, determinou a juíza.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here