A Universidade Federal de Sergipe (UFS) ocupa a primeira colocação no país e a nova posição geral no quesito citações, de acordo com um ranking de universidades latino-americanas, o Latin America University Rankings 2020, publicado anualmente pela Times Higher Education (THE), uma das principais publicações do mundo em avaliação educacional.

Levando em consideração os demais critérios avaliados pelo periódico, a UFS ficou na 62ª colocação, dentre 166 instituições de 13 países da América Latina, à frente ou muito próxima de outras grandes universidades da região, como a Universidade Autônoma do Chile (61º), a Universidade Federal do Pará (64º), a Universidade Autônoma do Estado do México (67º) e a Universidade Federal de Juiz de Fora (70º). 

Ainda de acordo com a publicação, a UFS ficou em 30° lugar no Brasil e 5° no Nordeste, dentre as 61 universidades brasileiras avaliadas, obtendo as seguintes notas: 96,7 em citações, 38,5 em ensino, 36,6 em pesquisa, 35,5 em transferência de conhecimento e 24,6 em visão internacional, perfazendo uma nota geral de 47,2. 

Segundo o pró-reitor de Pós-graduação e Pesquisa, Lucindo Quintans, esta foi a primeira vez que a UFS figurou neste ranking e o primeiro lugar no índice de citação dos artigos “atesta a qualidade e impacto daquilo que é produzido na instituição”.

É importante destacar também que a UFS já havia sido considerada em um outro levantamento, publicado em setembro de 2019, a instituição de maior impacto do Brasil em pesquisas de Ciências da Saúde e a quarta no ranking geral. 

Na América Latina, a primeira posição ficou com a Pontifícia Universidade Católica do Chile, pelo segundo ano consecutivo, seguida pela Universidade de São Paulo e a Universidade de Campinas, que ocupam a segunda e terceira colocação, respectivamente. 

Com informações da Ascom/UFS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here