Estudantes que estavam fazendo as provas do Exame Nacional de Ensino Médio (Enem) começaram a deixar a Escola Estadual Governador Valadares, no Bairro Cidade Nova, em Aracaju, por volta das 15 horas, após responderem questões de Matemática e Ciências da Natureza.

A aplicação das provas começou às 12h30, horário local. E eles responderam ao todo 90 questões sobre os dois temas, com um tempo de prova que poderia ser de até 4h30 de duração.

Para a estudante Ane Caroline Rocha dos Santos, de 18 anos, que quer cursar direito o segundo dia de provas foi considerado tranquilo. “As questões de matemática e química foram ótimas”, resumiu.

Thiago Andrade do Nascimento, de 18 anos, que também quer cursar direito disse que a prova de matemática não estava tão difícil. “A parte de matemática estava mais tranquila. Já a prova de química foi a mais difícil”, conta.

A estudante Camila Estevanes de Jesus, de 18 anos gostou das provas, mesmo dizendo preferir questões de humanas. “Gostei das provas. Somente as questões de química estavam mais difíceis”, explicou a candidata a uma vaga para cursar direito.

Matheus Santana Celestino, 19 anos, que pretende cursar psicologia. “Eu achei bem elaborada as questões e não muito complicada. Os textos estavam mais curtos e mais tranquilos. Tô bem confiante na aprovação”, finalizou.

Menos participantes x perfil

De acordo com o Inep, o número de inscritos em Sergipe é 21,5% menor que o do ano passado, que foi de 118.976 mil. O Inep explicou que a diminuição no número de inscrições é consequência do Enem ter deixado de certificar o Ensino Médio, tarefa que voltou ao Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos (Encceja).

Dados do Inep apontam que 67,3% dos inscritos no estado já concluiu o Ensino Médio; 21,4% é concluinte este ano; e 10% concluirá após 2017 (treineiros). Do total de participantes, 60,5% são mulheres e 39,5% são homens.

Fonte: G1

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here