Nesta semana, o Lagarto Futebol Clube conseguiu um feito inesperado para muitos torcedores: conseguiu se livrar do rebaixamento conquistado na temporada 2020 e, de quebra, passará a contar com o Estádio Paulo Barreto de Menezes completamente revitalizado.

Lagarto FC ganhou uma nova chance para brilhar na elite do futebol sergipano

A permanência do clube na elite do futebol sergipano foi resultado de uma reunião  do Conselho Técnico Extraordinário, convocada pelo presidente da Federação Sergipana de Futebol, Milton Dantas, baseada na MP 936 do Governo Federal que flexibiliza a alteração dos regulamentos por causa da pandemia do novo coronavírus.

Na oportunidade, em decisão unânime, os membros do conselho decidiram que não haveria rebaixados no Campeonato Sergipano de 2020, o que acabou salvando o Lagarto FC e o América de Pedrinhas. Diante disso, a diretoria alviverde emitiu uma nota comemorando a decisão que, segundo eles, foi acertada.

“Nossa permanência na Série A do Campeonato Sergipano será de grande importância, visto o trabalho estrutural que está sendo desenvolvido nos últimos anos dentro do clube e a iminência da reinauguração do Estádio Paulo Barreto de Menezes, que será entregue no mês de agosto”, destacou o Verdão.

E completou: “Agradecemos o apoio dos colegas presidentes dos clubes, ao Presidente da Federação Sergipana de Futebol, Milton Dantas, ao Governador do Estado Belivaldo Chagas, ao Secretário Geral de Governo, José Carlos Felizola e demais parceiros comprometidos com o crescimento do esporte sergipano. Prometemos dias melhores ao nosso torcedor e nossa dedicação para que a próxima temporada seja de muitas glórias”.

View this post on Instagram

Nosso Presidente, Robson Santos, participou ontem de uma reunião na Federação Sergipana de Futebol onde ficou definido, por unanimidade entre todos os clubes da primeira divisão, que não haverá rebaixamento no Campeonato Sergipano 2020. A decisão poderia ser tomada por decreto, com base na MP 936 do Governo Federal que flexibiliza a alteração dos regulamentos por causa da pandemia do novo coronavírus, mas o Presidente da FSF, Milton Dantas, preferiu convocar o Conselho Técnico Extraordinário, para que a decisão fosse mais transparente e de forma democrática. Uma ata da reunião registrada em cartório, será encaminhada ao Ministério Público Estadual (MPE), que vem acompanhando todo o processo, ao Departamento Técnico da CBF e outras entidades que demonstrarem interesse A diretoria do Lagarto FC entende que a decisão é acertada, visto o momento de exceção de uma pandemia que atingiu todo o planeta e o futuro segue ainda indefinido. Com isso, a Federação garante que seu campeonato do próximo ano tenha no mínimo os oito clubes que participaram dessa temporada e prometeu esforços para a realização da Segunda Divisão até finalizar o ano de 2020, caso o quadro de infecções em nosso país e, principalmente em Sergipe, melhore. Tudo dando certo, a Série A volta a ter 10 clubes em no próximo ano. Nossa permanência na Série A do Campeonato Sergipano será de grande importância, visto o trabalho estrutural que está sendo desenvolvido nos últimos anos dentro do clube e a iminência da reinauguração do Estádio Paulo Barreto de Menezes, que será entregue no mês de agosto. A reforma realizada pelo Governo de Sergipe recebe investimentos de cerca de R$ 3,5 milhões provenientes de Recursos Federais, através de emenda parlamentar do Deputado Federal, Fábio Reis. Agradecemos o apoio dos colegas presidentes dos clubes, ao Presidente da Federação Sergipana de Futebol, Milton Dantas, ao Governador do Estado Belivaldo Chagas, ao Secretário Geral de Governo, José Carlos Felizola e demais parceiros comprometidos com o crescimento do esporte sergipano. Prometemos dias melhores ao nosso torcedor e nossa dedicação para que a próxima temporada seja de muitas glórias. . 🇳🇬🇳🇬🇳🇬

A post shared by Lagarto Futebol Clube (@lagarto.fc) on

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here