Postura incorreta na estação de trabalho, sedentarismo, estresse, além dos impactos físicos, são minimizados com a prática das atividades laborais. Por isso, 15 minutos de exercício fazem toda a diferença ao longo do dia.

Buscando melhorar a qualidade de vida e evitar lesões relacionadas ao trabalho, no Dia Nacional da Saúde, celebrado em 5 de agosto, a fisioterapeuta do Hospital de Urgência de Sergipe (Huse), Suzane Paranhos, explica como a ginástica laboral ajuda a prevenir doenças ocupacionais, principalmente no local de trabalho.

“A ginástica laboral traz grandes benefícios para os trabalhadores. No Huse, temos profissionais que trabalham até 12 horas sentados e muitas vezes digitando, tensos e reclamam de dores no corpo e nas articulações. Os exercícios são exatamente para aliviar as tensões, melhorar a postura, evitar lesões nos tendões e nervos, além de sair da rotina”, esclareceu a fisioterapeuta.

As doenças osteomusculares relacionadas ao trabalho estão entre os principais motivos de afastamento do trabalhador, principalmente na área da saúde. São séries objetivando trabalhar o corpo, alongando e saindo um pouco da rotina. Os benefícios vão desde a melhoria da condição física, prevenção de lesões, redução do nível de estresse e satisfação no ambiente de trabalho.

“São atividades que compensam os profissionais como dinâmicas, alongamentos, exercícios que trabalham a parceria, raciocínio, trabalho em dupla e em equipe. Com a pandemia da Covid-19, essas atividades ficaram paralisadas para evitar aglomeração dentro dos setores, mas, como muitos profissionais já conhecem os exercícios, eles fazem pelo menos um alongamento, antes de começarem as atividades diárias”, informou Suzane Paranhos.

Quem participa dos exercícios garante que vale a pena e que já começam o dia cheios de energia. “Ao longo do tempo adquirimos problemas posturais e de saúde devido muitas horas na mesma posição, por isso, é muito bom alongar e evitar doenças laborais. Tomara que essa pandemia passe para a gente dá continuidade a nossa ginástica”, declarou a servidora pública, Maria José Cardoso.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here