Após uma nova avaliação da pandemia do novo coronavírus em Sergipe, o governador Belivaldo Chagas anunciou, na última quinta-feira, 24, a ampliação de atendimento das atividades e novas liberações de atividades classificadas como especiais. A maioria das medidas passa a valer a partir da próxima segunda-feira (28), com exceção das apresentações musicais de pequeno porte nos bares, restaurantes, pizzarias e sorveterias, que já estarão autorizadas nesta sexta, 25, e dos Centros de Atendimento ao Cidadão (Ceac), que serão reabertos em 1º de outubro.

Novas liberações foram anunciadas em coletiva realizada no Palácio dos Despachos

Cinemas, teatros, museus e outros equipamentos culturais poderão reabrir, respeitando os respectivos protocolos específicos elaborados pela Secretaria de Estado da Saúde (SES) e a capacidade máxima de 100 frequentadores, limitada às medidas de distanciamento das poltronas e à capacidade máxima de até 50% do ambiente. “O público deve ser acomodado na sala, auditório, arquibancada ou equipamento equivalente de modo a respeitar os requisitos de distanciamento especificados na Resolução. Já os parques de diversão deverão permanecer fechados até nova deliberação”, observou o Governo do Estado.

Ampliação das atividades já liberadas: Segundo a nova decisão, que será divulgada no Diário Oficial do Estado, a partir da próxima segunda-feira, algumas atividades especiais já liberadas, como clubes sociais, esportivos e similares, podem passar a funcionar todos os dias, sem restrição de horário e com capacidade de ocupação de 75%. Também fica permitido o acesso para a prática de esportes individuais e coletivos e participação em eventos e atividades culturais, respeitados os protocolos específicos dos setores, e ficam liberadas as aulas de atividades físicas de contato, a exemplo de lutas, danças e artes marciais. 

A partir do mesmo período, cursos livres e atividades extracurriculares poderão aumentar a capacidade para 75%; não há restrição etária para o comparecimento às aulas presenciais coletivas e serão liberados o uso de bibliotecas, salas de audiovisuais e outros espaços de uso compartilhado.

O Governo de Sergipe também autorizou a realização de eventos de pequeno porte para até 100 pessoas em espaços fechados e até 200 pessoas em espaços abertos, cujos convidados ou participantes possam ser facilmente rastreados pelo anfitrião ou organizador do evento, através de convites nominais ou de inscrição prévia. “As medidas dizem respeito aos eventos corporativos, técnicos e científicos, eventos sociais e celebrações. A partir do dia 15 de outubro, caso os dados epidemiológicos demonstrem controle da pandemia, esses eventos podem funcionar com capacidade de 75% do ambiente”, adiantou o Estado.

Além disso, as atividades liberadas nas fases laranja, amarela e verde também poderão ser ampliadas a partir do próximo dia 28. Nos shoppings, galerias e centros comerciais, por exemplo, fica liberada a realização de eventos sociais e a abertura de cinemas, respeitados os respectivos protocolos a serem definidos pela SES. Com relação ao comércio de rua em geral, a capacidade de atendimento dos estabelecimentos passa de 50% para 75%. O mesmo ocorre com o atendimento em escritórios prestadores de serviços e serviços em geral (publicidade, agências de viagens, etc); clínicas e consultórios de odontologia, fisioterapia, fonoaudiologia, nutrição, psicologia e terapia ocupacional, bem como serviços especializados em podologia; serviços odontológicos eletivos; clínicas de estética; operadores turísticos; salões de beleza e barbearias, que terão a capacidade ampliada para 75%.

Quanto às academias de ginásticas e semelhantes, passa a ser permitida a realização de atividades físicas coletivas de contato, a exemplo de lutas e artes marciais.

Não autorizados: Permanecem suspensas as atividades presenciais educacionais em universidades, faculdades, escolas e creches, públicas ou privadas. Assim como das casas noturnas, boates e similares. Eventos de lazer coletivos, a exemplo de shows, blocos, micaretas e similares, também continuam sem autorização para serem realizados.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here