Em virtude de problemas ocasionados pelo uso de carroças nos centro urbano de Lagarto como: dificultar o trânsito, contribuindo ainda mais para a existência de congestionamentos; além do problema gerado pelos animais que defecam nas vias públicas; carroceiros que em alguns casos são contratados para remover resíduos, em regra, acabam por depositar tais materiais em locais irregulares, causando danos ao meio ambiente; grande parte dos animais utilizados em carroças encontra-se magro e com problemas no casco, mancando, carregando pesos em excesso, são utilizados em demasia (praticamente o dia todo) e sob calor escaldante, dentre outras formas de abuso, sem contar que quando esses animais ficam doentes são abandonados; a ONG SOS Animais elaborou um projeto de Lei para regulamentação deste serviço que será apresentada amanhã na sessão da Câmara Municipal de Lagarto.

O Presidente da Câmara Ibrain Monteiro irá apresentar a minuta do projeto de regulamentação de transporte com tração animal para o município de Lagarto. Participe!

A sessão ordinária será nesta quinta-feira (7), às 09h00.

3 COMENTÁRIOS

  1. Excelente iniciativa da ONG. Espero que nesse projeto de lei esteja inclusa a responsabilidade sobre recolhimento das fezes do animal quando realizado sob via pública, o que resulta em mal cheiro, sujeira, potenciais vetores de doenças que acometem humanos, bem como falta de estética urbana.
    Acredito que se regulamentar esse tipo de veículo, a coletividade só se beneficiará.
    Não pode, porém, pensar na regulamentação sem que se pense num meio eficaz de fiscalização, senão será em vão a edição e uma lei, visto que a inaplicabilidade de eventuais sanções para os descumpridores a tornará “morta”, sem efeito qualquer.
    Aguardemos, pois, para ver a receptividade dos parlamentares municipais acerca do tema.

  2. Oportunamente, sugiro ao executivo municipal ou à própria ONG (se tiver recurso para tal) que implemente um programa permanente de controle populacional dos animais de rua. A ideia seria a castração, obviamente que realizada por profissional devidamente habilitado e tendo todas as exigências médico-veterinárias atendidas.

  3. O QUE EU ACHO MAIS CURIOSO É QUE A ONG QUE SE DIZ PROTETORA DOS ANIMAIS , ANTES DE TUDO, RELATA OS PROBLEMAS TRAZIDOS PELOS ANIMAIS E POR ULTIMO QUE FALAM NOS PROBLEMAS GERADOS AOS ANIMAIS, EXEMPLO ESTÁ NO COMEÇO DA MATÉRIA “Em virtude de problemas ocasionados pelo uso de carroças nos centro urbano de Lagarto como: dificultar o trânsito, contribuindo ainda mais para a existência de congestionamentos”. ACREDITO QUE ELES DEVERIAM SE PREOCUPAR ANTES DE QUALQUER COISA COM OS ANIMAIS! NÃO ESTOU DEFENDENDO OS CARROCEIROS APENAS EXPRESSANDO MINHA OPINIÃO DE QUE ESSAS ONG’S NÃO LIGAM PARA OS ANIMAIS O QUANTO A GENTE PENSA

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here