PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
post
page
Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
post
page
Publicidade

Populares denunciam superlotação nos ônibus da linha Lagarto/Salgado

Na manhã desta terça-feira, 14, a reportagem do Portal Lagartense recebeu algumas imagens enviadas por populares que pediam providências quanto a superlotação nos microônibus da Coopervan que fazem a linha Lagarto/Salgado. Segundo consta, a superlotação tem ocorrido por conta do rodízio de veículos adotado pela cooperativa em virtude da pandemia de covid-19, que reduziu o fluxo de passageiros entre os municípios.

“O problema é que, hoje, apenas a linha Lagarto/Salgado está rodando com metade da frota. As outras linhas já voltaram ao normal. Com isso, os passageiros sofrem com a aglomeração, chegando a pedir para sair do carro. Então se houvesse o fim do rodízio, a demanda seria melhor distribuída e não haveria tanta aglomeração”, comentou um cidadão que preferiu não ser identificado.

Diante da situação, a reportagem do Portal Lagartense entrevistou o presidente da Coopervan, Luis Farias. Na oportunidade, ele afirmou que o assunto será discutido com o conselho da cooperativa na próxima quinta-feira, 16. “A gente vai ter uma reunião ainda esse mês, para ver se acaba com esse rodízio até o início de outubro, porque esse tipo de mudança apenas ocorre no final de cada mês, para que todos trabalhem igualmente. E nós vamos realizar essa discussão, porque a pandemia está diminuindo e a tendência é que cada linha volte a normalidade”, informou.

Ele ainda explicou que a manutenção do rodízio na mencionada linha foi uma decisão dos próprios cooperados. “No mês passado não houve tanto fluxo de passageiros, porque a linha Lagarto/Salgado depende muito dos alunos. Então 90% dos cooperados preferiram continuar com o rodízio. Já as linhas que acabaram com o rodízio é porque não dependem das atividades escolares, a exemplo da que vai para Tobias Barreto, que voltou ao normal assim que o comércio retomou as atividades. Aliás, apenas as linhas Lagarto/Salgado e Lagarto/Tobias Barreto que entraram em rodízio”, explicou.

O Portal Lagartense também buscou explicações junto ao Departamento de Transportes do Departamento de Estradas e Rodagens de Sergipe, quanto as providências tomadas para controlar a superlotação no transporte intermunicipal. Contudo, até o fechamento desta reportagem, o órgão não havia se pronunciado sobre o assunto.

Publicidade

1 COMENTÁRIO

  1. Muitas das vezes acontece também com os transportes que fazem a linha para Poço Verde e Cícero Dantas, uma forma para resolver, ninguém utilizar nenhum desses transportes, tenho a plena convicção que se eles rodarem 2 dias sem nenhum passageiros, eles mudam de ideia e colocam mais transporte, isso acontece também porque falta fiscalização.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here